Search
Saturday 26 September 2020
  • :
  • :

Jogadoras da Unilever entregam água e purificadores em região afetada pelas chuvas no Rio

Foto: Divulgação

As jogadoras da equipe Unilever de vôlei, Mara e Juju Perdigão, foram convocadas para um programa diferente na quinta-feira (31). No bairro de Nova Campina, no município de Santa Cruz da Serra (RJ), elas visitaram a Instituição Beneficente Evangélica Jesus de Nazaré, para fazer parte da entrega de doação de água arrecadada no jogo solidário contra o Vôlei Amil, realizado no último dia 19 de janeiro, no Maracanãzinho.

 

Nessa partida, foram angariados 1.200 litros de água, em prol das vítimas das enchentes no estado do Rio. A Unilever doou ainda 50 purificadores de alta tecnologia de sua marca Pureit, que remove 99,99% das bactérias, vírus e parasitas*, garantindo água pura de maneira simples, acessível, econômica e sustentável. O material está sendo encaminhado a instituições cadastradas ao Banco de Alimentos SESC Rio, como a visitada pelas jogadoras, localizada em região afetada pelas enchentes do final de ano.

 

Na Instituição Beneficente Evangélica Jesus de Nazaré, uma creche comunitária que atende 156 crianças entre 1 ano e 6 meses e 6 anos, além de pré-adolescentes, famílias e idosos, foram entregues dois purificadores e 432 litros de água. “Água para a gente é como ouro durante o ano todo”, justificou a fundadora da instituição, a pedagoga Cláudia Abreu. “Quando todas as crianças estão presentes, precisamos de aproximadamente dez galões por dia”, conta, lembrando que o local tem apenas um poço artesiano, cuja água é imprópria para beber e preparar alimentos. “Não recebemos água da rua. Por isso, alertamos sempre nossas crianças para o seu valor”,, acrescentou.

 

Bem à vontade no encontro com a garotada, Mara e Juju jogaram vôlei com os pequenos e assistiram a uma apresentação musical. “Hoje o que estamos fazendo parece uma ação pequena, mas é muito grande e valiosa para eles. Fico feliz por estar podendo participar com o meu time, contribuindo de alguma forma. Mas triste por saber que muita gente poderia ajudar muito mais e não faz absolutamente nada”, comentou a meio-de-rede Mara, que despertou a curiosidade das crianças por sua altura: 1,90m.

 

Juju também estava orgulhosa em fazer parte desse momento de solidariedade. “Estou impressionada com a dificuldade que eles encontram para manter essa instituição, um lugar onde as crianças visivelmente encontram carinho e atenção”, destacou, após saber que a creche comunitária sobrevive graças a doações e conta com 32 profissionais voluntários.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x