Search
Sunday 1 November 2020
  • :
  • :

Juiz de Fora se despede da Superliga com vitória diante dos jovens do Sada Cruzeiro

Crédito: Acesso Comunicação Jr

Crédito: Acesso Comunicação Jr

 

O fechamento do returno da Superliga 2015/16 foi dia de colocar em ação a força da base do Sada Cruzeiro. Diante do Juiz de Fora Vôlei, o time celeste entrou em quadra somente com jovens talentos e fez um jogo muito disputado com o time da casa, que venceu no tie-break (22/25, 25/27, 25/21, 25/23 e 15/10), na noite desta quarta, 09/03. Com 19 pontos, o ponteiro Renato Hermely foi o maior pontuador do time vencedor, enquanto o central Diego levou o Viva Vôlei . E após finalizadas todas as partidas, o líder do campeonato também conheceu o adversário que vai encarar nas quartas de final: será o São José dos Campos, que terminou a fase classificatória em oitavo lugar. Os dois times vão se enfrentar em uma série melhor de três, com datas a serem confirmadas pela CBV.

 

Na Zona da Mata, os jogadores do Sada Cruzeiro contaram com uma grande torcida no ginásio da Universidade Federal de Juiz de Fora, que tinha cerca de 70% de cruzeirenses empurrando o time, como se estivesse jogando em casa. E os garotos, que viajaram na tarde desta quarta e chegaram à cidade poucas horas antes de entrar em quadra, fizeram um duelo bem equilibrado, saíram vencendo por 2 a 0, mas levaram a virada do elenco mais experiente.

 

“Para nós foi uma partida muito boa. Jogamos com os meninos da base do clube e isso é muito importante. Eles mostraram que jogam muito bem diante de um time adulto e estou feliz com o resultado e com o comportamento dos meninos. No Sada Cruzeiro, temos um trabalho bem integrado das categorias de base com o adulto, eu coordeno também as atividades da base junto com os outros treinadores, e os resultados têm sido muito bons”, lembrou o técnico Marcelo Mendez.

 

O oposto Alan foi um dos destaques em quadra e também foi o maior pontuador, com 22 pontos.

 

Comandando o ataque azul, o levantador Fernando Cachopa, de apenas 20 anos, lamentou a derrota, mas destacou a força do grupo. “Apesar da pouca idade, acho que eu tenho um pouco mais de bagagem. Então, em momentos de pressão, quando o jogo ficou parelho, eu tentei passar tranquilidade para os meninos. Não só eu, mas também Alan, Rodriguinho, nós temos essa função por sermos mais rodados e usados na equipe adulta. Agora é focar nos playoffs e trabalhar bastante. Temos que continuar fazendo o nosso melhor trabalho dentro e fora de quadra. Nossa equipe é muito qualificada e temos tudo para chegar ao topo este ano novamente. O Marcelo sempre frisa que chegar no topo é fácil, o difícil é se manter lá, e esse pensamento está presente em cada treinamento. Assim ele extrai o melhor de cada atleta o tempo todo e nos faz querer sempre mais”, ressaltou o armador.

 

O dia em Juiz de Fora também foi de estreia para alguns jogadores, como o jovem atacante Rammé, que aos 18 anos fez seu primeiro jogo no campeonato nacional. “Fiquei muito feliz de poder jogar meu primeiro jogo na Superliga principal, agradeço muito ao Marcelo por me dar essa oportunidade. Principalmente porque encaramos um clima difícil, com torcida fazendo pressão e é gostoso jogar assim. E acho que em todo jogo da Superliga o clima é este, então foi muito bom para eu começar a me acostumar”, disse o estreante.

 

O Sada Cruzeiro finalizou a primeira fase da Superliga na liderança isolada com 55 pontos, totalizando 18 vitórias em 22 jogos. O adversário das quartas de final, São José dos Campos, venceu nove vezes e teve 13 derrotas, somando 29 pontos.

 

Sada Cruzeiro: Fernando Cachopa, Alan, Rodriguinho e Leozinho, Éder Levi e Pedrão e o líbero Vanderson. Entraram Cristiano, Rômulo, Rammé e Robert. Técnico: Marcelo Mendez.

Juiz de Fora Vôlei: Mauricio, Tiago Maciel, Djalma, Renato, Igor, Diego e o líbero Fábio Paes. Entraram Tatinho, Tarik e Ninão. Técnico: Alessandro Fadul.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x