Search
Tuesday 27 October 2020
  • :
  • :

Kazan passeia no bloqueio, Gamova dá show e Osasco fica com vice no Mundial

Foto: FIVB

A chance de fazer história e ser o primeiro bicampeão no feminino acabou. O Dínamo Kazan não tomou conhecimento do Molico Osasco, atropelou no bloqueio e fez 3 a 0 (25-11, 25-16 e 27-25) para conseguir seu primeiro título Mundial.

Quem esperava um jogo disputado, pelo menos, não foi o que vimos no primeiro set. As brasileiras viram as russas passearem em quadra com seu bloqueio. Foram 7 pontos no fundamento para as russas contra nenhum das brasileiras.

No ataque, o Kazan também passeou: 14 a 9. Para fechar, a gigante russa Gamova deitou e rolou, fazendo pontos em todos os fundamentos e fechando o set com 8 acertos. Final Dínamo Kazan 25, Molico Osasco 11.

O segundo set começou diferente, com o jogo mais parelho no placar. O time brasileiro teve uma melhora considerável no ataque, porém a equipe do Dinamo seguia bem no bloqueio e nos contra-ataques.

Essa combinação logo fez o Kazan abrir no placar. A diferença de um ponto aumento rapidamente para seis (14-8), para desespero de Luizomar, que durante um dos tempos cobrou mais atitude da equipe. Com outro show no bloqueio: quatro pontos contra nenhum, e no ataque, o Dinamo Kazan fez  tranquilamente 2 a 0, com 25-16. Gamova fez 10 pontos e chegou a 18 na partida.

O terceiro set começou novamente com o Kazan sobrando na quadra. Ao ver o placar ficar em 5-2, Luizomar pediu tempo e bradou com o time: “último jogo do campeonato, o que temos a perder? Nada, vamos lá galera!”

Apesar do incentivo de Luizomar, o time de Osasco não conseguia passar pelo bloqueio russo. Com o ataque não funcionando e também, sem ver o bloqueio funcionar, o time foi desanimando. O primeiro bloqueio veio com Adenízia, diminuindo para 9-5 no terceiro set. O ponto no fundamento parece der dado novo animo para o time que aproveitou para pressionar o Dinamo e encostar no placar, ficando apenas dois pontos atrás (13-11).

Com o saque entrando e arriscando mais, o jogo mudou da água para o vinho e o torcedor começou a ver o que realmente esperava ver de um duelo entre brasileiras e russas. Mas a reação brasileira durou pouco. Após uma chamada de atenção de seu técnico, o time russo entrou no jogo, voltou a fazer a diferença no ataque e no bloqueio e ficou bem perto da vitória. Mas uma passagem de Sanja no serviço deu novo alento ao Osasco, que ficou novamente há um ponto (22-21). Na rotação seguinte, Thaísa conseguiu no saque o empate em 23 a 23. Sheilla teve a chance de virar numa recepção errada do Kazan, mas acabou se precipitando e invadiu. No primeiro match point, a arbitragem errou e favoreceu ao Molico. O ataque de Del Core tocou no bloqueio e foi fora, porém o juiz não viu o desvio e o jogo seguiu.

Sheilla salvou o segundo match point, mas um toque na rede deu a terceira chance para as russas. Após um bom saque, no contra ataque Gamova liquidou a fatura com uma bola de meio fundo. Foi seu 24° ponto no jogo, disparada a maior da partida.

No final, o Kazan terminou com as parciais de 45-30 no ataque e 16-2 no bloqueio, perdendo nos erros (16-13) e no saque (4-3).

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x