Search
Tuesday 20 October 2020
  • :
  • :

Klineman chega ao Dentil/Praia com vontade de ganhar

Crédito: Celso Ribeiro

Crédito: Celso Ribeiro

 

 

A mais nova integrante do Dentil/Praia Clube foi oficialmente apresentada na tarde da última quarta-feira (30/09). A ponteira Alexandra Rose Klineman, de 25 anos, falou com jornalistas dos principais veículos de comunicação de Uberlândia durante coletiva de imprensa. Na oportunidade, a atleta falou acerca da sua chegada à cidade e sobre as expectativas para a temporada 2015/2016 da Superliga.

 

A atleta, de 1,95m, nasceu em Manhattan Beach, na Califórnia. Seu currículo esportivo inclui várias convocações para defender a Seleção de Voleibol feminino dos Estados Unidos em competições internacionais, além de integrar o time Novara, da Itália. No país europeu, Alix foi o destaque da sua equipe na decisão do Campeonato Italiano 2015, finalizado em maio deste ano.

 

De acordo com a ponteira, sempre foi um desejo jogar em uma equipe brasileira. Porém, antes de topar o desafio ela conversou com algumas conhecidas da torcida praiana. “Conversei com a Kim Glass e com a Bailey Webster antes de assinar o contrato com o Dentil/Praia Clube. Eu as questionei a respeito do time, se elas gostaram da experiência, e elas disseram coisas boas. Então eu pensei sobre o assunto e foi uma decisão bem fácil. Acredito que temos boas chances de formar um bom time”, diz.

 

A atleta conta, ainda, das expectativas para essa nova temporada. “Bem, eu espero competir para ganhar! Obviamente existem outras equipes muito boas, mas eu não concordaria em integrar um time se eu não acreditasse que podemos estar entre os melhores. E o meu objetivo é sempre esse quando jogo: competir para ganhar. Espero que possamos nos esforçar e melhorar para competir com os melhores”, afirma.

 

Com a chegada da Alix, o elenco do Dentil/Praia Clube está completo para a temporada 2015/2016. Segundo o técnico Ricardo Picinin, a jogadora deve participar dos amistosos recém-agendados contra as equipes do Brasília Vôlei e do Rexona-Ades (RJ).“Devemos colocá-la para jogar durante os amistosos para que ela ganhe ritmo junto à equipe. É claro que ela não vai participar de partidas inteiras, mas um set ou outro. Isso tudo visando a evolução e trabalho em grupo”, finaliza.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x