Search
Tuesday 29 September 2020
  • :
  • :

Levantador Raphael quer buscar título mundial inédito na carreira

FOTO: FIVB

Na atual temporada o levantador Raphael fez parte da seleção brasileira que conquistou a medalha de prata na Liga Mundial, o ouro no Sul-Americano, no Chile, e foi o capitão da equipe que superou os Estados Unidos no segundo amistoso, em Manaus. O título nas quadras chilenas foi o carimbo do Brasil para o Mundial de 2018. Apesar de a competição ainda sequer ter data marcada – Itália e Bulgária serão as duas sedes do evento -, Rapha admite que ela faz parte dos seus planos.

 

“Foi muito gratificante fazer parte do grupo que se classificou para o Mundial. Claro que existe uma expectativa de jogar a competição no ano que vem, mas é muito cedo ainda. Ainda assim, seria muito bacana jogar mais um Mundial pela seleção e buscar esse título inédito para mim. Já estive em 2014, na Polônia, e seria uma grande honra poder participar mais uma vez. Vou atrás dessa vaga.”

 

Por ter feito parte do início da preparação do Brasil para os Jogos Rio 2016 e seguir em todas as competições este ano, Rapha faz algumas observações. “A seleção após a Olimpíada está muito motivada. Uma equipe com muitas caras novas, mas ao mesmo tempo, com atletas já bem rodados. É um ciclo que promete muito, com jogadores que buscarão um espaço para manter o vôlei nacional em primeiro lugar no ranking mundial.”

 

De folga em Taubaté, Rapha já tem data para se reapresentar ao técnico Renan Dal Zotto. Será no próximo domingo, dia 27, em Saquarema (RJ). A partir de agora, a meta é a Copa dos Campeões, no Japão, que acontecerá a partir de 12 de setembro. Além do Brasil e Japão, jogarão França, Itália, Estados Unidos e Irã.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
3 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Taubate

Torço muito por ele.

Cassio

Rapha é ótimo leantador, habilidoso, muito preciso na mira, sabe escolher o atacante, sabe fintar bloqueio, joga com velocidade, e tem a maior experiência no exterior de todos no Brasil.
Foi o mais injustiçado na história do volei nacional, porque estava pronto 13 anos atrás.
Mas um certo técnico preferiu o filho dele, com idade de base, um levantador ruim, jaqueiro, sem pontaria.
Se reclamamamos dos políticos com falcatruas e robalheiras, o nepotismo é farinha do mesmo saco. O nepotismo continua.

F* os Haters

Rapha será cortado e preterido por BRUNO (titularzão) e William (Esse sim, o melhor), assim como 2+2 são 4.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x