Search
Monday 30 November 2020
  • :
  • :

Líder Molico Osasco encara Maranhão Vôlei e torcida fanática na abertura do returno

Foto: Régis Thiago/Melhor do Võlei

O Molico/Osasco entra em quadra nesta sexta-feira (10/01) pela primeira vez em 2014. O embate diante do Maranhão Vôlei/CEMAR será válido pela primeira rodada do segundo turno da Superliga 2013/14.

Grande atração da competição nacional, o time comandado pelo técnico Luizomar de Moura lidera a disputa com 37 pontos, é o único invicto, com 13 vitórias, e conta com cinco jogadoras que, frequentemente, estão defendendo a Seleção Brasileira. Por tudo isso, esse duelo que começa às 19h30, no ginásio Castelinho, em São Luis, promete casa cheia.

“A torcida do Maranhão está esperando muito por esse jogo e a expectativa é grande. Não tenho dúvidas de que irão lotar o ginásio e temos que entrar em quadra cientes das dificuldades com relação ao adversário e às condições climáticas, já que lá é muito quente. Sabemos que os rivais sempre dificultam quando jogam contra o MOLICO/Osasco, então não podemos entrar em quadra já pensando que vamos ganhar. É uma equipe muito perigosa e com jogadoras conhecidas e com potencial para ganhar de qualquer adversário. Para não ter surpresa temos que entrar bem focadas e concentradas”, declarou a central Adenízia.

Apesar de estar na lanterna da Superliga, o Maranhão está crescendo na competição e somou três dos seus cinco pontos nas últimas três rodadas, quando perdeu para o Pinheiros, por 3 a 2, anotando um pontos; venceu o SESI-SP, por 3 s 2, ganhando dois pontos; e dificultando para o Banana Boat/Praia Clube, ganhando um set em Uberlândia na derrota por 3 a 1. “O Molico/Osasco vai muito focado para São Luis e respeitando os últimos resultados do time do Maranhão. Não estamos olhando a classificação, mas o que o Maranhão tem feito nas últimas rodadas. É uma equipe que tem potencial, está crescendo na competição e tem demonstrado isso em quadra”, disse Luizomar.

O treinador tem uma história particular com São Luis, pois quando ainda era atleta teve oportunidade de jogar por um clube local. “Tenho muito respeito pelo projeto do Maranhão. Na minha carreira como atleta, tive a oportunidade de defender as cores do CTGM e na época conheci profissionais que sonhavam um dia estarem em um campeonato brasileiro, o que é hoje a Superliga. O Maranhão tem uma torcida apaixonada e, certamente, o ginásio deve ter sua capacidade máxima preenchida. Tenho alertado as meninas para começarmos o segundo turno respeitando muito o Maranhão, mas sabendo da nossa responsabilidade neste jogo. Estamos muito focados em busca de um grande resultado”, concluiu o comandante.

No primeiro turno, Molico/Osasco e Maranhão se enfrentaram em Osasco, no ginásio José Liberatti, e as osasquenses venceram por 3 sets a 0. No entanto, o resultado conquistado em quadra não foi avalizado, já que o time do Nordeste escalou, segundo a CBV, a levantadora Yael Castiglione de forma irregular e a vitória do time foi decretada com um triplo 21/00.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x