Search
Sunday 20 September 2020
  • :
  • :

Líderança da seleção feminina, Fabi ainda não tem certeza se estará no Rio 2016

Foto: FIVB

De folga na tabela para a viagem entre Nagóia e Tóquio, o Brasil, líder da Copa dos Campeões, se concentra para os três jogos finais, que podem dar o bicampeonato do torneio à equipe do técnico José Roberto Guimarães.

Só que, apesar de estarmos há três anos dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, tem muita gente que anda pensando muito sobre esse torneio. Uma dessas é a líbero Fabi.

Aos 33 anos, Fabizinha disse em entrevista à FIVB que ainda não tem certeza se estará em condições para a disputa olímpica em casa. “Eu adoraria jogar em casa, no Rio, mas, ao mesmo tempo, eu tenho 33 anos agora. Eu preciso levá-lo passo a passo e um ano de cada vez”, confessou Fabi.

A jogadora, segundo matéria da entidade que comanda o vôlei no mundo, chegou indiretamente a admitir que já sente as dores normais e o cansaço de quem tem uma longa carreira em uma posição muito exigente. Mas Fabi finalizou a matéria mais uma vez deixando a dúvida no ar. “Eu adoraria jogar no Rio, mas eu tenho que ser realista e eu quero jogar um torneio de cada vez e, em seguida, um ano de cada vez”.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x