Search
Wednesday 8 April 2020
  • :
  • :

Liga das Nações: CBV e Prefeitura de Barueri apresentam sede da etapa no Brasil

Foto: Divulgação/CBV

O diretor executivo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Radamés Lattari, o superintendente de Competições de Quadra, Renato D’ Ávila e o técnico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, estiveram junto com o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, na cidade paulista para o anúncio oficial da etapa do Brasil da Liga das Nações feminina. Os jogos serão nos dias 15, 16 e 17 de maio, no ginásio José Corrêa, contra as seleções da Alemanha, Japão e Sérvia.

O diretor executivo da CBV, Radamés Lattari, comentou sobre a expectativa em receber a Liga das Nações, em Barueri.

“Para a CBV é muito gratificante participar da Liga das Nações, uma competição nova que substitui o Grand Prix. Justamente nesse ano vamos realiza-la em Barueri que foi recordista de público tanto na Superliga B como na fase classificatória da Superliga. Tenho certeza que o público comparecerá. A CBV fica honrada de contar com a presença de países de tanta tradição no voleibol mundial como Japão, Alemanha e Sérvia, além do Brasil”, disse Radamés Lattari.

O treinador da seleção feminina de vôlei, José Roberto Guimarães ressaltou a paixão da torcida de Barueri pelo voleibol brasileiro.

“Barueri sempre teve uma das melhores estruturas do Brasil no esporte. Sabemos o quanto essa cidade é grande. Trazer a Liga de Nações para Barueri é um motivo de orgulho. Teremos três excelentes seleções, bons jogos e um bom público porque a cidade de Barueri abraçou o voleibol”, disse José Roberto Guimarães, que falou ainda da importância da competição.

“Vamos jogar com três seleções bem capacitadas. Essa competição vai requerer muito do nosso grupo e espero muita luta, dedicação e foco como tivemos em 2017. A Liga das Nações nos dá a oportunidade de jogar contra as melhores seleções do mundo e será muito importante”, afirmou José Roberto Guimarães, que também recebeu uma homenagem da prefeitura de Barueri pelo recente prêmio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) de melhor treinador de 2017.

O diretor de competições quadra da CBV, Renato D’Avila, lembrou do sucesso de público de Barueri durante toda a Superliga.

“Já tivemos alguns exemplos de eventos de sucesso em Barueri no voleibol. Recentemente, Barueri teve registro de um ótimo público em diferentes momentos, portanto a expectativa é a melhor possível para Liga das Nações” explicou Renato.

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan, destacou a importância do evento no calendário nacional.

“Esse é um dos eventos esportivos mais importantes do nosso país. Para Barueri é fantástico receber as três primeiras partidas dessa competição. A população de Barueri abraçou o voleibol”, afirmou Rubens Furlan.

A Liga das Nações será realizada pela primeira vez em 2018, substituindo o Grand Prix, onde o Brasil é o maior campeão, com 12 títulos, e atual campeão. Agora, com novo nome e formato, a competição terá 16 equipes na disputa pelo título. A seleção brasileira disputará a primeira etapa da competição, em Barueri (SP), no Brasil, e depois seguirá para Ancara, na Turquia, para a disputa da segunda etapa.




4
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
maicon felipeSilvelianeAmandaGrbic Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
maicon felipe
Visitante
maicon felipe

eu kero assisti

Amanda
Visitante
Amanda

Bora Brasil !!! Rumo ao 13º título do Grand Prix agora Liga das Nações !!

Grbic
Visitante
Grbic

ZRG, homem de caráter, ético, além de excelente profissional, sempre homenageia as cidades que abriram as portas p/ os projetos de volei: São Carlos, Campinas, Barueri, entre outras. Tive a oportunidade de assistir pela 1ª vez a jogos desse nível em São Carlos, qdo vi de perto Lucia Bosetti, Arrighetti, Del Core, Ortolani, Lo Bianco e a diva mór Piccinini. Nunca vou esquecer esse dia. Anos depois assisti no elegante bairro Notre Dame, no ginásio do Amil em Campinas, Goncharova, Malykh, Pankova, Shcherban, Zaryaskho, as mulheres de gelo, exuberantes porém soberbas, nem pararam para tirar fotos com os fãs, que… Ler mais »

Silveliane
Visitante
Silveliane

Eu também estive lá em São Carlos, em 2010, foi 3×1 para o Brasil contra Italia. Gente, naquela época o povo combinava no Orkut na comunidade da seleção feminina. Nós nos encontramos por msn na cidade, ficamos no mesmo hotel no centro de Sanca, o povo era ótimo. No Ginásio Nilton Filho, sentamos perto das irmãs Mello, que tinham o melhor blog de volei na época, o “Vôlei sem fronteiras”, e elas lokonas, estavam torcendo para a ITÁLIA, pode ??? KKKKKKK foram até entrevistadas pela Globo. Gente eu também não esqueço esse dia, foi ótimo, eram outros tempos.

Translate »