Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Lucas Lóh fala sobre seu novo time, Halkbank, e analisa diferença entre voleibol turco e brasileiro

Foto: Divulgação/Halkbank

Neste sábado (14/10), foi iniciada a Superliga masculina de vôlei 2017/2018 e uma das ausências na competição será a do ponteiro Lucas Lóh, que na temporada passada jogou no Vôlei Taubaté, e agora está no Halkbank, um dos mais tradicionais times da Turquia e bicampeão nacional. O brasileiro precisou de apenas 15 dias para assumir a posição de titular na equipe e foi o maior pontuador na vitória por 3 sets a 0 sobre o Besiktas, com 16 pontos, no último dia 4.
“Estou me dando muito bem com o grupo. Acho que o fato de não ser o primeiro ano fora ajuda muito na adaptação e a identificar o que deve ser feito em certos momentos. O time todo foi reformulado e sempre leva um tempo maior para criar um bom entrosamento. Ainda estamos com muitas falhas no jogo como um todo, porém o trabalho é muito intenso e somente assim conseguiremos encontrar o caminho para atingir os objetivos”, afirmou Lucas Lóh, que disputa a segunda temporada fora do Brasil – em 2014/2015 ele atuou na Polônia.
O ponteiro brasileiro assinalou algumas diferenças entre a Superliga do Brasil e a liga na Turquia. “A primeira grande diferença é no calendário. A organização é feita para não sobrecarregar os times com partidas em curtos períodos de tempo, tornando possível uma preparação melhor para cada jogo. Além disso, os ginásios da federação turca contam com a tecnologia do vídeo check, que vem sendo primordial nas grandes competições. Outro diferencial é que os times aqui contam com vários reforços estrangeiros, subindo muito a competitividade até de elencos que são considerados pequenos e do campeonato em si”.
O Halkbank ocupa a quinta posição na classificação geral da liga – o Ziraat Bankasi lidera. O próximo compromisso será nesse domingo (15/10), contra o Fenerbahce, quarto colocado, na casa do adversário.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
5 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
maricota

Ai que lindo!!!
Boa sorte eapero que evolua bastante

Kadu

liga turca é inferior à brasileira no masculino.

Antonio

É verdade, o que torna ainda mais absurdo que uma liga fraca tenha o video check e a nossa, mais forte e com vários campeões olímpicos, não.

Kadu

Aqui não tem video check porque os dirigentes não querem gastar dinheiro.

Gohab

Pra onde vai o dinheiro de 7 patrocibadores , de 3 emissoras de tv?

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x