Search
Saturday 28 November 2020
  • :
  • :

Luizomar e Thaísa chegam a consenso de que vitória contra Amil poderia ser menos sofrida

Foto: João Pires/FotoJump/Divulgação

O Molico/Osasco conquistou nesta segunda-feira sua nona vitória consecutiva na Superliga 2013/14. Único invicto e cada vez mais líder, a equipe treinada por Luizomar de Moura despachou o Vôlei Amil, em Campinas, na Arena Amil, por 3 sets a 2, com parciais de 21-14, 20-22, 21-18, 19-21 e 17-15, em duas horas e doze minutos de confronto. Com o resultado positivo, o Molico aumenta sua vantagem na liderança da competição nacional e chega aos 25 pontos. Já o rival campineiro permanece na terceira posição, com 21.

“Nós poderíamos ter saído do jogo com uma pontuação maior, sem desmerecer o time de Campinas, mas tivemos muitos erros e alguns até bobos. Saímos felizes porque mesmo com essa quantidade de erros a gente venceu. Nosso saque proporcionou muitas oportunidades e quando soubemos aproveitá-las conseguíamos fazer os pontos com certa facilidade. Nos enrolamos no jogo quando começamos a desperdiçar os contra-ataques e depois errando os saques”, analisou o técnico Luizomar de Moura.

Vencedora do troféu VivaVôlei, como a melhor jogadora da partida,  Thaisa também frisou que o embate poderia ter sido menos sofrido. “No tie-break nos juntamos e cada uma deu um pouco a mais para conseguir virar a partida, pois começamos atrás no set decisivo. O determinante para a partida ter tido cinco sets foram os 32 erros que tivemos. Não podemos cometer essa quantidade de erros, porque um dia conseguimos reverter, mas pode ter outro que não reverteremos. Precisamos ser conscientes dessa situação e errar menos. Poderíamos ter fechado a partida por três sets a zero”, declarou.

Para o comandante do Molico/Osasco, triunfo nesse tipo de confronto é relevante para as atletas menos experientes. “A equipe está de parabéns, pois é um clássico e sair daqui com a vitória, mantendo a invencibilidade, conseguir virar o tie-break, é um jogo com todos os ingredientes essenciais para nossa formação. Temos jogadoras muito jovens, então, é importante jogos desse nível para as meninas entenderem e amadurecerem nesse sentido”, ressaltou Luizomar.

Mesmo sendo o destaque da partida com 28 pontos, Thaisa demonstra seu lado perfeccionista e busca evoluir ainda mais. “Minha atuação no bloqueio foi boa, mas acho que sempre posso melhorar um pouco mais. Teve alguns momentos que eu sabia onde a bola iria, mas dava uma balançada. Então, às vezes, preciso parar e esperar um pouco mais. Mas estamos no caminho certo, conseguimos crescer no bloqueio no momento ideal. Graças também às marcações que a comissão técnica nos passa. Foi um jogo duro e é sempre bom ganhar. Primeiro para manter a liderança e segundo pela confiança também, pois acredito que crescer na derrota é mais difícil. Então, é melhor evoluir e acertar esses ‘errinhos’ com a vitória”, finalizou a central.

 

O Molico/Osasco segue invicto diante do Vôlei Amil atuando fora de casa. Esse foi o quinto jogo entres os times em Campinas e as osasquenses venceram todos os embates. O primeiro jogo entre as equipes no interior de São Paulo aconteceu pelo Campeonato Paulista de 2012, quando o Osasco venceu por 3 sets a 1. Na final do mesmo estadual, as comandadas de Luizomar aplicaram um 3 a 0 e conquistaram o título. Na Superliga 2012/13, as equipes se enfrentaram no segundo turno, com vitória de Osasco, por 3 a 0, e na semifinal, com mais um 3 a 0. O próximo desafio do MOLICO nesta Superliga é na sexta-feira contra o Uniara/AFAV, às 19h30, no ginásio José Liberatti, em Osasco, pela décima rodada da competição nacional.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x