Search
Thursday 4 June 2020
  • :
  • :

Luizomar: “Estou muito confiante para esta terceira e decisiva partida”

Crédito: Luiz Pires/Fotojump

Crédito: Luiz Pires/Fotojump

 

O clássico mais representativo do vôlei brasileiro terá seu capítulo final nesta Superliga 2015/16. Após dois grandes jogos e com uma vitória para cada lado, os times de Osasco e Rio de Janeiro entram em quadra para o terceiro e derradeiro duelo semifinal nesta segunda-feira (28/03), às 18h30, no ginásio do Tijuca. Dando sequência ao ritmo intenso de treinos, o Vôlei Nestlé trabalhou nesta manhã de domingo de Páscoa nas instalações do Flamengo. Após a atividade, Luizomar destacou a confiança na equipe em busca da classificação para a decisão da competição nacional.

 

O técnico elogia o rival, mas está confiante no trabalho que está sendo realizado. “Estamos há duas semanas respirando e trabalhando intensamente em cima do Rexona-Ades. Fizemos um grande jogo em Osasco e uma boa partida no Rio de Janeiro, mas desperdiçamos oportunidades que poderiam ter nos dado a vitória. Estou muito confiante para esta terceira e decisiva partida. O time sabe do seu potencial e vive bom momento. Do outro lado temos a equipe mais regular da competição. Sabemos de todas as dificuldades que vamos enfrentar, mas temos um time montado para isso e acostumado a momentos de decisão. Confio muito no trabalho de toda a temporada e que faremos um grande jogo para conquistarmos a classificação para mais uma final”, ressalta o treinador.

 

No primeiro confronto, em Osasco, o Vôlei Nestlé venceu o Rexona-Ades, por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 14/25, 26/24, 19/25 e 15 a 10. Com 25 acertos, a ponteira Carcaces foi a maior pontuadora e eleita a melhor em quadra, recebendo o troféu VivaVôlei. Na segunda partida, no Rio de Janeiro, as donas da casa ganharam por 3 a 1, parciais de 21/25, 25/22, 25/23 e 25/16. A levantadora Roberta foi o destaque do jogo e Natália a jogadora que colocou mais bolas no chão, com 21 pontos.

 

Os clubes já se enfrentaram 79 vezes na Superliga e a equipe carioca leva vantagem com 45 vitórias contra 34 do time de Osasco. Nos últimos 21 jogos pela competição nacional, o Rio de Janeiro soma 12 vitórias contra nove de Thaisa e suas companheiras. O vitorioso desta disputa avança para a decisão e enfrenta o ganhador do confronto entre Dentil/Praia Clube e Camponesa/Minas. O clássico mineiro também está empatado por 1 a 1 e o duelo decisivo está marcado para segunda-feira (28/03), às 21h, em Uberlândia.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »