Search
Tuesday 31 March 2020
  • :
  • :

Luizomar não poupa elogios à Carol: “Ela está se dedicando e mostrando muita disciplina”

Crédito: Luiz Pires/Fotojump

Crédito: Luiz Pires/Fotojump

 

O Vôlei Nestlé iniciou os trabalhos visando a temporada 2016/17 no começo de junho. Após um mês e meio de treinos, a equipe de Osasco disputou dois amistosos e faz os ajustes finais para estrear na primeira competição que terá pela frente. No retorno, o enfoque foi dado à preparação física. Em uma segunda etapa, as atletas passaram a realizar atividades com bola. Em seguida, a comissão técnica marcou dois amistosos visando observar a evolução do time. A equipe comandada pelo técnico Luizomar estreia na Copa São Paulo no dia 29 de julho (sexta-feira), às 19h30, no ginásio José Liberatti. O adversário sai do confronto entre São Cristóvão Saúde/São Caetano e Pinheiros, que se enfrentam na próxima terça-feira (26), em São Caetano do Sul.

 

Luizomar está bastante satisfeito com o começo de temporada. “Essa fase inicial é para entrosamento e conhecimento. A prioridade na pré-temporada foi a preparação física e elas estão se doando bastante. É um grupo novo e ainda estamos nos conhecendo. Já havia trabalhado com algumas na seleção de base e com outras que estão voltando para a equipe. O que está me agradando é que elas estão sempre muito dispostas a treinar, seguir as orientações e bastante receptivas às informações. Os amistosos servem para testarmos as formações e ações que estamos fazendo nos treinos. Após os jogos realizamos uma avaliação dos números e das imagens para saber se o que está sendo proposto foi bem executado”, comentou o treinador.

 

A oposto Paula aprova a realização de amistosos nesta etapa de preparação. “Estamos melhorando a cada treino. Todo começo de temporada é assim mesmo. É o momento ideal para ajustar o entrosamento e acertar o tempo de bola de cada jogadora. Deste time só havia jogado com a Clarisse e a Gabi, portanto, é uma fase de conhecermos melhor as características das companheiras. Ainda temos muita coisa para melhorar e a cada dia estamos crescendo em todos os fundamentos. Os amistosos são importantes para que vejamos a evolução da equipe”, afirmou a jogadora, que disputará sua primeira temporada pelo Vôlei Nestlé.

 

O treinador elogiou a postura de sua atleta mais experiente e acredita que isso inspira as jovens atletas do elenco. “O grupo tem se mostrado bastante solicito. Essa mescla de jovens com experientes é importante e as jogadoras com mais bagagem possuem a responsabilidade de ajudar as mais novas. A presença da Carol e sua motivação tem nos agradado bastante. Ela está se dedicando e mostrando muita disciplina. A disposição dela contagia as mais jovens,” disse Luizomar

 

Na quarta-feira (20), o Vôlei Nestlé enfrentou a seleção sub-23, em Barueri, e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/21 e 25/17. No amistoso anterior, o time de Osasco recebeu o Sesi-SP, no José Liberatti, e também ganhou por 3 a 0.




2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Natalhaeva Volochovos IvnaovaHermes Graça Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Natalhaeva Volochovos Ivnaova
Visitante
Natalhaeva Volochovos Ivnaova

Acho que o Osasco tem tudo para ser um time mais homogêneo esta temporada, principalmente pqe não terão as “estrelas” para assumirem responsabilidades e jogarem a culpa dos maus resultados. Segundo as instabilidades da Dani (que ia do céu ao inferno) de um jogo para o outro, parece que terão fim, tendo em vista que a Carol é uma ótima levantadora, experiente e pode cobrir os desfalques da Dani e se duvidar até colocá-la no banco em determinadas situações. A Saraellen está em processo de ascensão e tem tudo para evoluir nesta temporada, a Bia é uma central que bloqueia… Ler mais »

Hermes Graça
Visitante
Hermes Graça

Nesta temporada, o Vôlei Nestlé/Osasco precisa melhorar. Com a saída de várias jogadoras, principalmente aquelas consideradas estrelas, o time estará mais oxigenado. Me preocupa a situação da Camila Brait, após a exclusão da olimpíada, e a falta de uma central experiente.

Translate »