Search
Wednesday 28 October 2020
  • :
  • :

Mais um 3×2: Brasil vence a China

 11/11/11 – A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu mais uma grande virada na Copa do Mundo. Nesta sexta-feira (11.11), em uma partida disputada ponto a ponto, o Brasil venceu a China por 3 sets a 2, parciais de 25-23, 25-27, 21-25, 25-20 e 17-15, em 2h04 de jogo, no Hakkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo, no Japão. Foi a quinta vitória consecutiva das brasileiras na competição e a terceira no tie-break.

 
As atuais campeãs olímpicas terão mais um duelo decisivo neste sábado (12.11). O Brasil enfrentará a Itália, única equipe invicta no torneio, às 0h (horário de Brasília). Os canais Sportv e Esporte Interativo transmitirão ao vivo.

"); // -->

 
A ponteira Paula Pequeno foi a maior pontuadora do confronto, com 21 acertos. A central Fabiana também teve uma grande atuação, marcando 19 pontos (12 de ataque e sete de bloqueio) e sendo eleita a melhor jogadora da partida. A oposto Sheilla foi outro destaque do time verde e amarelo, com 18 acertos.

Fabiana entrega o prêmio de melhor em quadra para Sassá

Logo depois de receber o prêmio de melhor jogadora do confronto, a central Fabiana entregou a honraria a ponteira Sassá, que entrou no lugar de Mari no quarto set e, mais uma vez, ajudou a estabilizar o fundo de quadra do Brasil.

“A Sassá está sempre entrando bem e mudou a história do jogo. Ela merecia o prêmio. Esse foi mais um jogo de superação. A partir do terceiro set mostramos a nossa alegria e fico feliz de termos conseguido essa virada”, disse Fabiana.

A ponteira Sassá se emocionou em receber o prêmio das mãos da companheira. Com lagrimas nos olho, ela falou sobre o triunfo brasileiro. “Foi uma vitória sofrida. O importante nessa Copa do Mundo é conseguirmos vencer os jogos. O grupo tem se superado. Esse jogo ficará marcado na minha memória”, afirmou a jogadora.

A ponteira Paula Pequeno garantiu que o grupo está focado no principal objetivo da temporada: a vaga olímpica.

“Temos um objetivo nessa Copa do Mundo e vamos até o final em busca dessa vaga. Sabemos que não estamos tendo grandes atuações, mas temos colocado os nossos corações em quadra pra conseguirmos nosso objetivo. Estamos nos superando e temos que ir com essa garra até o último jogo”, destacou Paula.

O treinador José Roberto Guimarães, chamou a atenção para o espírito de luta do grupo. “Foi um jogo disputado o tempo todo e uma grande vitória. Jogamos bem o primeiro set e a China foi melhor no segundo e no terceiro. No quarto, a Sassá entrou muito bem e estabilizou o passe da equipe. Agora já temos que pensar na Itália”, finalizou Zé Roberto.

O Jogo

O Brasil não deu chances para a China no início do set. Sheilla era eficiente nos contra-ataques e o bloqueio verde e amarelo incomodava as chinesas. Em um ataque de Mari na ponta, o Brasil abriu seis pontos (12/6). A levantadora Fabíola conseguiu um ace e as atuais campeãs olímpicas foram para a segunda parada técnica com larga vantagem no placar (16/8). Com bom volume de jogo as chinesas diminuíram a diferença para dois (20/18). O final da parcial foi decidido ponto a ponto. Em um ataque da ponteira Paula Pequeno, o Brasil fechou o set por 25 a 23.

As brasileiras mantiveram o bom momento na segunda parcial. O Brasil tinha a vantagem de dois pontos na primeira parada técnica (8/6). Com dois aces seguidos de Sheilla, a diferença aumentou para quatro (10/6). As chinesas buscaram o jogo e empataram a parcial (13/13). O set seguiu indefinido até o final. E foi em uma largada para fora da oposto Sheilla que as chinesas fecharam o segundo set por 27/25.

A China voltou melhor para o segundo set e abriu quatro pontos (5/1). Em uma boa sequência de saques de Mari, as brasileiras empataram a parcial (6/6). Se aproveitando de seguidos erros das atuais campeãs olímpicas, as chinesas abriram cinco (15/10). Zé Roberto inverteu o cinco e um. Entraram Dani Lins e Tandara e saíram Sheilla e Fabíola. Com dois pontos de bloqueio de Tandara, o Brasil diminuiu a diferença (16/14). No final da parcial as chinesas se aproveitaram dos erros das brasileiras e fecharam o set por 25/21.

O quarto set começou equilibrado. O treinador José Roberto Guimarães tirou Mari e colocou Sassá. O saque chinês incomodava o passe brasileiro e as chinesas abriram três pontos (11/8). Neste momento, o time verde e amarelo cresceu no set e empatou a parcial (14/14). Em um contra-ataque de Sassá, o time verde e amarelo assumiu a liderança do marcador (16/15). O volume de jogo das brasileiras funcionou no final da parcial e o Brasil fechou o set por 25/20.

O tie-break foi disputado ponto a ponto. As chinesas chegaram a abrir três pontos (11/8), mas as brasileiras se recuperaram no final da parcial e venceram o set por 17/15 e o jogo por 3 sets a 2.
Brasil: Fabíola, Sheilla, Paula Pequeno, Mari, Thaisa e Fabiana – Líbero – Fabi. Entraram: Camila Brait, Sassá, Dani Lins e Tandara. Técnico – José Roberto Guimarães

China: Wang, Hui, Wei, Yang, Ma e Zhang. Líbero – Zhang Xian. Entrou – Chen. Técnico – Yu Zuemin



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x