Search
Saturday 31 October 2020
  • :
  • :

Mercado: Valentina Diouf seguirá na Coreia do Sul

Foto: Divulgação

Em uma entrevista ao jornal italiano  SportMediaset, Valentina Diouf anunciou que permanece na Coreia do Sul para a temporada 2020/2021. Depois de defender o Sesi Vôlei Bauru, ela foi escolhida pelo KGC no try-out e teve destaque. Além de ter sido a principal atacante da equipe, ultrapassando por várias vezes a marca de 30 pontos/jogo, recebeu o prêmio de melhor oposto da liga, também com final antecipado por conta da pandemia.

Diouf confirmou que estava com propostas para retornar ao voleibol italiano. “Fiquei muito feliz (com as propostas), mas elas não eram tão tentadoras”, declarou. A organização do torneio e a estrutura do clube foram determinantes para a escolha da atacante de 27 anos e 2,02m de altura, principalmente diante da situação econômica na Itália.

Na entrevista, ela ainda elogiou as ações das autoridades sul-coreanas no enfrentamento do coronavírus (Covid-19), controlando o avanço da doença de forma mais eficaz. Por outro lado, o país europeu é um dos com maior número de casos confirmados e de mortes.

Sobre a seleção, a possibilidade de retorno fica em aberto. Ter sido cortada às vésperas da olimpíada do Rio-2016 pelo treinador Marco Bonitta é uma das grandes tristezas da jogadora. A equipe hoje é comandada por Davide Mazzanti.

Com o adiamento da competição para 2021, estar em Tóquio pode preencher a lacuna que ficou em aberta na vida de Diouf. “Tento dar sempre o melhor de mim no voleibol. Então, o resto não depende de mim”, concluiu.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x