Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Mesmo com 29 pontos de Helô, Bauru bate Rio do Sul na estreia de Marcos Kwiek

Crédito: Marina Beppu

Crédito: Marina Beppu

 

Em uma partida pra lá de emocionante e decidida apenas no tie-break, o Concilig Vôlei Bauru derrotou o Rio do Sul/Equibrasil por 3 sets a 2, com parciais de 28×26, 26×24, 20×25, 31×33 e 15×13, em 2h43 de jogo, e conquistou a segunda vitória seguida no returno da Superliga. Resultado que mantém a equipe bauruense na oitava posição na tabela, mas agora com 19 pontos, três a mais que o nono colocado, Pinheiros.

 

O destaque da partida foi a levantadora Camila Adão, que levou o troféu Viva Vôlei. As principais pontuadoras do Concilig foram a oposta Bruna Honório, com 20 pontos, e a ponteira Mari Helen, com 15. Pelo Rio do Sul/Equibrasil o destaque foi a oposta Helô, que anotou 29 pontos (dados da estatística do Concilig Vôlei Bauru).

 

Camila Adão ressalta a importância desse resultado diante de um adversário que vem realizando uma boa Superliga. “Foi o que nós esperávamos, uma verdadeira guerra dentro de quadra, e quem erasse menos sairia com a vitória e foi isso que aconteceu. Não nos deixamos empolgar com o dois a zero e não nos abatemos com o empate delas. Treinamos muito para esse jogo e merecíamos e esse resultado. A confiança que faltou em outros jogos veio com tudo nessa partida.”

 

Estreando no comando do Concilig, o técnico Marcos Kwiek ficou satisfeito e feliz com o resultado positivo, mas ciente que a equipe oscilou em momentos da partida e que precisa melhorar. “Começar com vitória é sempre bom, pois motiva todos e traz a confiança de volta para o grupo, ainda mais sobre um adversário difícil como Rio do Sul. Mas ainda foi uma partida com muitos erros e que temos que trabalhar, mas foi uma vitória que mostrou a força do grupo, pois mudamos muito a equipe e todas corresponderam bem”, analisou o treinador.

 

O Concilig Vôlei Bauru começou a partida com a levantadora Camila Adão, as centrais Fê Isis e Valeskinha, as ponteiras Mari Helen e Mari Cassemiro, a oposta Bruna e a líbero Andressa. Também entraram na equipe bauruense as ponteiras Nayara e Erika, as levantadoras Lyara e Ana Tiemi e a oposta Natiele. O Rio do Sul/Equibrasil jogou com a levantadora Giovana, as centrais Jéssica e Fran, as ponteiras Vanessa e Jú Nogueira, a oposta Helô e a líbero Tatiana. Jogaram também a levantadora Luciana, as ponteira Isabela e Jú Paz e a central Mimi Sosa.

 

Bauru faz agora uma sequência de dois jogos fora de casa. O primeiro na próxima terça-feira (26/01), às 19h, contra o Rexona Ades, no Rio de Janeiro, e depois contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano, dia 2 de fevereiro, às 20h, no ABC Paulista.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x