Search
Thursday 29 October 2020
  • :
  • :

Mesmo com matemática desfavorável, Bruna Honório segue confiante na classificação do Concilig/Bauru aos playoffs

Crédito: Marna Beppu/Vôlei Bauru

Crédito: Marna Beppu/Vôlei Bauru

 

A situação do Concilig/Vôlei Bauru se complicou sobremaneira. A derrota da quarta-feira para o Dentil/Praia Clube, em casa, pela nona rodada do returno da Superliga feminina deixou o time a um passo da eliminação. Faltando duas rodadas para o fim da fase classificatória, o Bauru ocupa a décima posição, com 20 pontos; a sua frente, o Pinheiros/Klar, nono colocado, tem 22, e o São Cristóvão Saúde/São Caetano, oitavo, tem 23, mas com duas vitórias a mais. Ainda há possibilidade de ultrapassar o Sesi, sétimo, com 26 pontos, mas isso dependeria, até, do set average.

 

Em resumo, se o São Caetano, que ainda enfrenta Brasília (fora) e Pinheiros (em casa), conquistar três pontos e o Sesi, que joga no Rio contra o Rexona-AdeS, e em Bauru, contra o próprio Concilig, ganhar mais um ponto dos seis que ainda disputa, o Concilig/Bauru estará fora dos playoffs.

 

Essa matemática adversa, no entanto, não desanima Bruno Honório. A oposta, que empatou com a central Carol Oliveira como maior pontuadora do Bauru, com 13 pontos, no revés para o Praia Clube, enxerga no voleibol apresentado ontem pelo time uma razão para acreditar que, sim, é possível chegar aos mata-matas.

 

“Nós vínhamos treinando muito bem, mas sem conseguir trazer para o jogo essas boas apresentações. Hoje (ontem) foi diferente, apesar da derrota – disse a atacante. “Toda a equipe estava mais ligada e conseguiu dificultar muito o jogo para o time que é vice-líder da Superliga. Conseguimos, em alguns momentos, mostrar o bom voleibol de jogos anteriores e isso nos motiva a continuar lutando pela classificação”

 

O Concilig/Bauru volta à quadra na sexta-feira, às 19h30, em Belo Horizonte, contra o Camponesa/Minas, que luta ainda pelo terceiro lugar da fase.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
3 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
ALINE MORAES

ACHEI POUCO…BAURU E SESI…BANCO DE TRAIRAS…HAHAHAHAHAH
TROCARAM OS TEÇNICOS E NAO GANHARAM MAIS NADA…QUEM ESTAVA CERTO?
CAMILA ADÃO , FERNANDA ISIS OU CHICO DOS SANTOS
JAQUELINE OU TALMO

AGORA TODOS VIRAM…

Titanic 100 anos

Bruna deveria estar preocupada é em saber em qual time jogará na próxima temporada. Desse time do Bauru só se salvam a Ana Tieme e a Natiele, O resto pode se contentar em ir pro pinheiros, uniara, são caetano ou até mesmo o sesi. A Casemiro desapareceu juntamente com a Bruna. A toqueira da camila Adão só quer ser estrela e pelos bastidores andou queimando o antigo técnico. O Marcos Kwiek fez e faz o que pode com esse time já montado que ele recebeu, então, não pode ser cobrado pelo insucesso desse grupo. E, desde já ele já aprendeu… Ler mais »

Amália Cerqueira

Ela tem que fazer a média, dizer que ainda acredita e tudo mais… Cada vez mais vemos atletas fazendo isto…comprometimento zero. Tem um trouxa ( o tecnico ) para elas colocaram a culpa, e uns investidores amadores que babam o ovo delas, até chegar aqui…desclaficadas, ai eles trocam a equipe toda. Vamos ver pra onde estas trairas vão…superliga B seria bom para o nivel delas… Agora todos estão vendo que se estava difícil com a Ana Tieme, e o Chico apostando nela, ficou pior sem ela, com esta anã jogando…e se achando. Não tiveram reação nenhuma com a saída do… Ler mais »

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x