Search
Friday 4 December 2020
  • :
  • :

Molico/Osasco enfrenta o Pinheiros para manter invencibilidade e liderança da Superliga‏

Foto: Luis Ventura/Melhor do Vôlei

Com 52 pontos e 18 vitórias consecutivas, o Molico/Osasco é o líder isolado da Superliga 2013/14 e, nesta quarta-feira, terá pela frente o Pinheiros, às 19h30, no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo, pela sexta rodada do segundo turno da competição nacional. Para manter a invencibilidade e a liderança, o time comandado pelo técnico Luizomar de Moura está realizando uma preparação detalhada para encarar a equipe paulista.

“Esse jogo é muito importante e marca o retorno da Superliga, na qual estamos defendendo a nossa liderança e vamos ter pela frente um time que conhecemos bastante e que é muito bem treinado e organizado taticamente. Estamos estudando o Pinheiros e sabemos o grande adversário que teremos que enfrentar. O grande objetivo do Molico/Osasco é manter a liderança e conquistar uma vitória lá no ginásio do Pinheiros para seguirmos em vantagem na competição. Portanto, a nossa equipe está muito focada para essa partida e ciente da qualidade e força do rival”, avaliou Luizomar.

As jogadoras do Molico/Osasco estão recebendo diversas informações da comissão técnica para poder anular as principais jogadas e jogadoras do adversário. “A Andréia está fazendo uma grande Superliga e é uma das jogadoras mais importantes do campeonato. Hoje e amanhã estudaremos bastante o Pinheiros junto com as nossas atletas e esperamos colocar em prática na partida tudo que está sendo estudado e treinado”, afirmou o treinador.

Se vencer o Pinheiros nesta quarta-feira, as osasquenses igualam o recorde de vitórias consecutivas na Superliga. Na temporada 2011/12, a Unilever conquistou 19 vitórias seguidas e quebrou a marca que era do Finasa/Osasco que, em 2003/04, atingiu 18 vitórias em sequência. No primeiro turno da atual edição da competição nacional, o Molico/Osasco derrotou o Pinheiros, no José Liberatti, por 3 sets a 0, com parciais de 21-19, 21-15 e 21-11. Na ocasião, a oposta Sheilla anotou 12 pontos e foi a maior pontuadora do embate.

Campeão da Copa Brasil e do Campeonato Paulista na atual temporada, o Osasco participou das finais dos últimos dez campeonatos em que esteve presente. A equipe treinada por Luizomar foi finalista dos Paulistas de 2011, 2012 e 2013; dos Sul-Americanos de 2012 e 2014; das Superligas de 2011/12 e 2012/13; do Mundial de Clubes de 2012; dos Jogos Abertos do Interior de 2012; e da Copa Brasil de 2014. Nessas dez decisões, as osasquenses ganharam sete títulos e foram vice-campeãs em três oportunidades (Paulista 2011, Superliga 2012/13 e Sul-Americano 2014). A última vez que não esteve na disputa pela medalha de ouro foi no Mundial de 2011, quando Osasco ganhou o bronze na disputa pelo terceiro lugar. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x