Search
Monday 28 September 2020
  • :
  • :

Molico/Osasco faz história e iguala recorde do Leite Moça

Foto: Luiz Pires/FotoJump/Divulgação

A Superliga 2013/14 tem sido especial para o Molico/Osasco. Nesta sexta-feira, o Molico superou a Unilever, no Maracanãzinho, por 3 sets a 0, com parciais de 24/22, 21/11 e 21/19, em duelo válido pela 13ª rodada do segundo turno, a última da fase de classificação da competição nacional. Com o resultado positivo, as osasquenses alcançam a marca de 26 vitórias consecutivas e igualam o recorde absoluto de vitórias seguidas que pertencia apenas ao Leite Moça, que na temporada 1995/96 foi campeão invicto do campeonato. Com 76 pontos e a primeira colocação, o Osasco enfrenta o Brasília Vôlei, oitavo, nas quartas de final.

“Foi uma vitória muito importante e fico feliz por ter entrado e conseguido ajudar o time. O grande mérito do Molico/Osasco é que estamos encarando todos os jogos com a maior seriedade. Mesmo depois que já havíamos garantido a primeira colocação mantivemos a pegada de todo o campeonato. Agora com a chegada dos playoffs nós vamos seguir trabalhando forte porque é uma nova etapa da competição e está tudo zerado”, analisou a ponteira Gabi, eleita a melhor em quadra e vencedora do troféu Viva Vôlei.

Gabi entrou ainda no primeiro set no lugar da italiana Caterina. Ela tinha a missão de equilibrar o passe e foi eficiente. Além disso, a ponteira contribuiu com cinco pontos. Pelos lados do Molico/Osasco, a central Thaisa e a ponteira Sanja anotaram dez pontos e foram as maiores pontuadoras. Na Unilever, a ponteira Gabi também fez seus dez pontos. Com os resultados desta última rodada, o Molico, primeiro colocado, já sabe que terá pela frente o Brasília, oitavo, na fase quartas de final da Superliga.

“A equipe está de parabéns por essa fase de classificação maravilhosa”, afirmou o técnico Luizomar de Moura. “Mesmo depois de já ter conquistado a classificação, o Molico/Osasco continuou trabalhando com muita vontade e visando crescer em todos os fundamentos. Esse grupo teve uma postura incrível durante a fase de classificação, principalmente nos treinamentos, com as atletas sempre dispostas a trabalhar. Tivemos números e uma campanha brilhantes nessa primeira fase, mas neste momento já voltamos nosso foco para os playoffs. Acabo de me reunir com as meninas no vestiário e todas estão conscientes de que agora começa um novo campeonato. Teremos o Brasília pela frente e o nosso foco é total na busca pela classificação. Vamos trabalhar bastante para que o time evolua ainda mais para essa reta decisiva da competição”, completou o treinador.

Depois de 26 partidas, o Molico termina a fase de classificação como único invicto. Ao todo, foram 17 vitórias, por 3 sets a 0; sete, por 3 a 1; e duas, por 3 a 2. São 78 sets vencidos contra somente 11 perdidos. No primeiro turno, o Osasco também havia vencido as cariocas, por 3 sets a 0, em duelo realizado no José Liberatti, com parciais de 21-19, 21-16 e 21-18. Já o retrospecto contra o adversário das quartas de final é positivo, pois na fase de classificação as comandadas de Luizomar venceram nos dois turnos. Em Osasco, Sheilla e suas companheiras aplicaram um 3 a 0, com parciais de 23-21, 21-18 e 21-12. Na ocasião, Adenízia anotou 12 pontos e foi a maior pontuadora do embate. No Distrito Federal, as osasquenses ganharam do Brasília por 3 a 1 (21-16, 21-16, 16-21 e 21-16) e Thaisa anotou 17 pontos.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x