Search
Saturday 28 November 2020
  • :
  • :

Molico Osasco se aproveita de instabilidade do Vôlei Amil e carimba vaga na final

Foto: Alexandre Arruda/CBV

A Final da Copa Brasil será um tira teima da decisão do Paulista 2013. Molico Osasco e Sesi-SP decidirão o título. Depois do time da indústria quebrar a hegemonia do Rio de Janeiro, o Molico Osasco confirmou sua boa fase de líder invicto da Superliga e derrotou o Vôlei Amil por 3 a 1, parciais de 21-19, 16-21, 21-16 e 21-17 , em Maringá.

Os dois times iniciaram partida exibindo um bom jogo. Kristin foi a principal jogadora marcando os primeiros três pontos do Vôlei Amil. Logo no 4-4 um grande rally foi jogado. Com grandes defesas, a bola ficou em jogo por 48 segundos até Tandara fechar o ponto. Melhor, o Vôlei Amil chegou ao primeiro tempo vencendo por 7-4.

Com tem sido a tônica dessa Copa, basta uma rotação de quadra para as coisas mudarem. E foi isso que vimos na sequencia. Osasco saiu do 7-4 contra para ficar a frente por 10-8. Uma nova rotação em seguida provocou três erros do Molico, que voltou a ficar atrás, agora com 11-10. Porém, que estava a frente no segundo tempo técnico era o time de Luizomar, com 14-13.

Após muitas trocas de liderança, o time de Osasco fechou com um bloqueio duplo de Sheilla e Thaisa fazendo 21-19.

No segundo set, o inicio melhor foi do time osasquense, que diante de erros das campineiras, abriu 7-4. Assim como aconteceu no primeiro set, bastou um detalhezinho para o jogo virar. Com o passe prejudicado, o Molico tomou a virada do Vôlei Amil e Luizomar precisou colocar Gabi no lugar de Sanja para corrigir o problema.

O problema até foi corrigido, mas a diferença no placar, essa Luizomar não conseguiu reverter. Com uma pancada de Natália, o Vôlei Amil fechou em 21-16.

Com um bom saque, o time de Osasco complicou o terceiro set para o Vôlei Amil. Sempre na frente, por mais que Zé Roberto intervisse com substituições e tempos, não conseguiu evitar a derrota por 21-16.

Com a confiança em alta, o Molico Osasco foi para o quarto set jogando muito bem, e o Vôlei Amil, pressionado, sem conseguir se acertar. Zé Roberto cobrou Claudinha, trocou Walewska por Angélica, voltou com Wal, tirou Tandara e colocou Rosamaria, ou seja, tentou de tudo, mas estava difícil passar pelo time de Luizomar.

Com Fabíola inspirada, Bosetti com ótimo volume de jogo e Sheilla melhor que nunca na defesa, além dos tradicionais paredões de Thaisa e Adenízia, a equipe de Osasco foi se mantendo a frente. Nem mesmo uma sequencia de cinco pontos do Amil, que colocou o time de 17-10 para 17-15 desconcentrou a equipe do Molico. O time retomou a pegada e fechou o set em 21-17 e o jogo em 3 a 1.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x