Search
Friday 30 October 2020
  • :
  • :

Muito aguardado, Pré-olímpico de Berlim começa nesta terça-feira

Crédito: Divulgação/CEV

Crédito: Divulgação/CEV

 

Depois de três edições ausente dos Jogos Olímpicos, a Seleção Búlgara masculina de Vôlei foi a Londres-2012 e obteve a quarta posição, melhor classificação do time desde a prata em Moscou-1980. No Campeonato Mundial da Polônia de 2014, a Seleção Alemã, meticulosamente, perdeu para quem poderia, venceu quem deveria e ficou com a medalha de bronze, melhor colocação do time desde a queda do Muro. Não fosse o bastante, alemães e búlgaros decidiram o torneio masculino de vôlei Jogos Europeus de Baku 2015, com vitória alemã.

 

Noutro esporte ou noutra ocasião, seria razoável pensar que o histórico recente levaria os dois times à competição olímpica e que, até, pensariam em medalha. Entretanto, se precisam disputar o Pré-olímpico masculino de Vôlei de Berlim, os cartéis dos dois times ficam eclipsados pelo peso, estatura e qualidade dos rivais, e quando entrarem em quadra, até haverá quem diga que são meros franco-atiradores.

 

Não que Alemanha e Bulgária já sejam cartas devidamente alijadas do baralho, e não que Finlândia ou Bélgica não possa atrapalhar a jornada de alguém. Mas é difícil pensar que o tíquete para o Rio-2016 e as duas vagas para o pré-olímpico do Japão não estejam entre França, Rússia, Sérvia e Polônia. E, para quem gosta do bom voleibol, é chato imaginar que pelo menos uma dessas quatro seleções não disputará as Olimpíadas deste ano.

 

Se a Sérvia tem o último ouro olímpico do século passado, conquistado ainda como Iugoslávia, em Sydney-2000, e é a atual vice-campeã da Liga Mundial, França, Polônia e Rússia são os atuais campeões das competições da maior relevância do vôlei – exceto, da Copa do Mundo: os russos ganharam o ouro em Londres, os poloneses venceram o campeonato mundial e os franceses, em 2015, a Liga e o Campeonato Europeu.

 

Os plantéis do quarteto também impõe respeito: Atanasijevic, Podrascanin e Uros Kovacevic defendem a Sérvia; a Polônia tem Kurek, jogador tido como injustiçado na convocação para o mundial de 2014, e a revelação Mika, que fez a festa da torcida  bialo-czerwoni na final contra o Brasil; a França tem, provavelmente, o melhor líbero e o melhor ponteiro do mundo – respectivamente, Grebennikov e Ngapeth; e a Rússia, nesse ponto, é que tem uma interrogação: se, por um lado, Mikhaylov, ausente por contusão no mundial, defenderá o time, por outro, o central Muserskiy pediu para ser dispensado da competição.

 

Se Muserskiy fará falta ou não ao time, a Rússia poderá perceber já nesta primeira rodada. No único jogo do grupo B, às 12h, pelo horário de Brasília, os russos encaram os finlandeses, enquanto franceses e búlgaros, que também compõem a chave, folgam. Já no grupo A, a Alemanha começará a testar o fator casa, às 15h, contra a Bélgica. E, às 17h30, fechando a rodada inaugural, Sérvia e Polônia fazem o primeiro jogão do pré-olímpico.

 

As finais do Pré-olímpico de Berlim serão no domingo, dia 10.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
2 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
mumú

Acho que a vaga será da França pelo voleibol que está jogando. Já a Rússia passa pelo mesmo declínio vivido pela nossa seleção. Bernardinho envelheceu, se acomodou e tem medo de não convocar os chamados “cardeais” do time. Dificilmente se classificaria ~para as Olimpíadas se participasse do pré-olímpico europeu. sorte nossa que nos situamos na América do Sul e a Argentina, por enquanto, não nos ameaça, como acontece no futebol.

Marcelo

Tô nem ai se a Rússia ficar de fora da olimpíada!!! França e Polônia, pelo belo voleibol que tem, merecem uma vaga para a competição mais importante do vôlei, mas de qualquer maneira irão ter que mostrar na bola nesse pré-olímpico que merecem tal vaga. A disputa será intensa. A Sérvia, eu diria,é um caso á parte! É notável a sua irregularidade em uma mesma competição, como na última Liga Mundial, em que, na fase final, sofreu uma derrota para uma seleção italiana sem os seus principais jogadores, depois conseguiu a proeza de bater o fortíssimo e embalado time dos… Ler mais »

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x