Search
Sunday 20 September 2020
  • :
  • :

Mundial: Brasil pensa nas semifinais, mas sem esquecer a Polônia

FIVB/divulgação

Partida contra a Polônia ainda repercute entre os jogadores

Em meio à comemoração pela passagem brasileira às semifinais, os jogadores da Seleção não esqueceram o polêmico jogo de ontem, contra a Polônia. A derrota da terça-feira deixou o Brasil em situação delicada na chave, mas a vitória contra a Rússia colocou o time entre os quatro melhores do campeonato mundial.

“A pressão cresceu ontem. A gente tinha o jogo na mão e perdeu psicologicamente. Vamos usar essa vitória (contra a Rússia) para crescer” afirmou o oposto Leandro Vissotto.

A partida contra a Polônia, que ainda pode render alguma punição à Seleção Brasileira, serviu, na visão de Lucarelli, para deixar “nosso time em estado de alerta e mais unido. Ficamos focados em tudo o que tínhamos que fazer (no jogo de hoje)”.

Fora da partida de ontem, o ponteiro Murilo disse que o elenco não sabia da pretensão da FIVB de punir o Brasil. Ele afirmou que “só soube no aquecimento” que a federação estudar penalizar a Seleção Brasileira. O ponteiro insiste que a arbitragem prejudicou o Brasil no match point daquele confronto.

“A única coisa que fizeram foi não mostrar o lance (do ataque tocando no bloqueio de Sidão na TV). Não duvido que punam a gente nas semifinais”, lamentou o ponteiro.

Para Leandro Vissotto, se tivesse de optar por poloneses ou russos para acompanharem o Brasil a Katowice, ele não ficaria em cima do muro.

“Queremos que a Polônia avance. Tanto faz Polônia ou Rússia, mas a gente foi desrespeitado ontem, ficou com um gosto amargo na boca”, admite o oposto, titular na partida em questão.

O confronto que decide a classificação de Polônia ou Rússia às semifinais será amanhã, às 15h25, horário de Brasília. À Polônia, vencer dois sets é o suficiente.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x