Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Mundial: Brasil se recupera da derrota para a Polônia, bate Rússia e se classifica para semifinal

Divulgação/FIVB

Jogando em Lodz, na Polônia, Brasil e Rússia protagonizaram um dos duelos de maior rivalidade do voleibol mundial da atualidade. Para a seleção brasileira era vencer ou vencer, para se garantir nas semifinais e permanecer viva no Campeonato Mundial, enquanto que os europeus estreavam na terceira fase da competição. Contando com o retorno de Murilo e Wallace, os brasileiros levaram a melhor, mesmo com a escalação do oposto Pavlov, que era dúvida, vencendo o confronto por 3 sets a 0, com parciais de 25-22, 25-20 e 25-21, em uma hora e dezenove minutos.

O primeiro set começou marcado por muito equilíbrio e as equipes forçando muito os seus saques, consequentemente, cometendo alguns erros. Em um toque na rede da equipe russa, o Brasil foi para a primeira parada técnica na frente (8/6). Mesmo errando mais que seus adversários, nossa seleção se aproveitou da eficiência de seus atacantes e após uma invasão de Grankin abriu três pontos (16/13). Com o passe muito consistente, tanto Bruninho, como Rapha conseguiram variar bastante suas opções de jogadas e em um erro de saque de Apalikov os brasileiros fecharam a primeira parcial (25/22).

Os russos iniciaram o segundo set liderando o placar, mas com dois bons saques de Wallace, os comandados de Bernadinho tomaram a frente (6/4). Em uma sequência de saques de Sidão, em dia inspirado, o Brasil abriu quatro pontos no marcador (10/6). A Rússia foi buscar o prejuízo e após um bloqueio no oposto Wallace, os europeus chegaram ao empate (11/11). A disputa seguiu acirrada e com um ataque do ponteiro Lucarelli, nossa seleção voltou a liderança (16/15). Pela seleção russa o gigante Muserskiy passou a ser mais utilizado, mas, com muita concentração e seriedade, os brasileiros fecharam a segunda parcial em um ataque de Vissotto (25/20).

A seleção brasileira entrou para o terceiro set cometendo muitos erros, permitindo um crescimento dos russos que abriram três pontos no marcador (8/5). Após um rali sensacional, o Brasil chegou ao empate em um ataque de Lucarelli (10/10). As duas equipes seguiram disputando ponto a ponto e em um ataque do central Volvich, a Rússia assumiu a liderança do placar (16/15). Os brasileiros passaram a pressionar a equipe russa e com um bloqueio de Sidão abriram dois pontos (21/19). Em um toque na rede da Rússia, nossa seleção fechou a partida (25/21).

Os maiores pontuadores do duelo foram os brasileiros Lucarelli, com 15 pontos (14 em ataques e 1 em saque) e Wallace, com 14 (12 em ataques e 2 em saques). Pela seleção russa, destaques para Pavlov, com 12 pontos (10 em ataques, 1 em bloqueio e 1 em saque) e Muserskiy, com 11 (7 em ataques, 3 em bloqueios e 1 em saque).

No próximo sábado (20/09) o Brasil volta à quadra para a disputa da semifinal e aguarda seu adversário que será definido amanhã. 

Brasil – Bruninho, Wallace, Murilo, Lucarelli, Lucão e Sidão. Líbero – Mário Júnior. Entraram – Raphael, Leandro Vissotto e Lipe.

Rússia – Grankin, Pavlov, Ilinykh, Spiridonov, Apalikov e Muserskiy. Líberos – Ermakov e Golubev. Entrou – Volvich.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x