Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Mundial sub-20: Brasil termina em quinto lugar e tem jogadora entre as melhores do campeonato

Créditos: FIVB

A seleção feminina brasileira Sub-20, comandada pelo técnico Hairton Cabral, conquistou a quinta posição no mundial da categoria, que acontece no México. Na tarde deste domingo (23.07), na disputa pela posição, o Brasil levou a melhor sobre a Polônia por 3 sets a 1 (25/17, 25/21, 27/29 e 25/21), em partida realizada na Arena Córdoba. Na fase anterior, as brasileiras haviam sofrido o revés no duelo contra as polonesas.

Com 17 pontos, o bloqueio foi um grande diferencial na partida em favor das brasileiras. O destaque entre as atletas brasileiras ficou com a atuação da oposto do Brasil, Tainara, que marcou 16 vezes, tornando-se a maior pontuadora do jogo.

A seleção feminina Sub-20 do Brasil está desde 1999 sem sair do pódio. Na última edição, em 2015, em Porto Rico, o time brasileiro ficou com a prata, e já acumula 13 medalhas ao longo da história da competição (seis ouros, cinco pratas e dois bronzes). A última vez que as meninas do Brasil subiram ao lugar mais alto do pódio foi na Tailândia em 2007.

Final e Premiações

A campeã da competição foi a seleção da China, que bateu a Rússia por 3 sets a 0  (25-22, 25-22, 25-16). A China tornou-se tricampeã do torneio, tendo vencido também em 1995 e 2013.

Classificação final: 1. China, 2. Rússia, 3. Japão, 4. Turquia, 5. Brasil, 6. Polônia, 7. Estados Unidos, 8. Bulgária, 9. Itália, 10. Sérvia, 11. República Dominicana, 12 Argentina, 13. México, 14. Peru, 15. Cuba, 16. Egito.

Uma brasileira esteve entre as melhores do campeonato, a líbero Nyeme Costa foi eleita a melhor da sua posição, entrando para a

Seleção do Campeonato:
Levantadora: Tamaki Matsui (Japão)
Oposto: Anna Kotikova (Rússia)
Ponteiras: Wu Han (China) e Tugba Senoglu (Turquia)
Centrais: Gunes Zehra (Turquia) e Yang Hanyu (China)
Libero: Nyeme Alexandre Costa (Brasil)

Nyeme, líbero do Brasil, foi eleita a melhor em sua posição na competição (Divulgação FIVB)

Tem cupom de desconto exclusivo pra você na FutFanatics. Use o código: MV10FUT




Subscribe
Auto Notificar:
guest
7 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Lang ping The Monia

A China ta dominando geral na base, nosso futuro está garantido pra vencermos mais olimpíadas das brazucas imundas freguesas. hihihihihi

Bruno Costa

Outra informação: o time brasileiro era o mais jovem da competição. A categoria permite jogadoras nascidas até 1998. O time brasileiro era composto pela maioria de atletas nascidas em 99, algumas de 2000 e até uma jogadora de 2001. Aliás, duas delas jogarão ainda o mundial infanto. A ponteira Julia Bergman de 1,96 e a oposta Tainara de 1,90. Logo, parece que estão querendo acelerar a evolução das jogadoras. Portanto, muita calma nas cobranças com essa jovem geração.

Sobre a China uma observação: só eu acho o time chinês extremamente comum sem a Zhu?

Mario Teodoro

Bruno, havia percebido isto na selecao chinesa que esta participando
do grand prix, sem a Zhu o time fica bem comum, mas de certa forma
eh compreensivel, visto o gigantesco potencial de ataque da Zhu, é
algo como a Egonu para a selecao italiana.

Paula Weishoff

O time foi além do que era esperado. Fez um campeonato bom. Perdeu jogos possíveis de vitória – o que decretou a eliminação -, como para polonia e Turquia. Tem bons valores, boas centrais e é um time alto. Faltou mais treino, mas já mostrou evolução em relação à categoria infanto.

Wal

Parabéns as meninas do Brasil…essa líbero é muito boa mesmo. Defende muitas bolas e passa super bem. O Sesi deveria investir nela. 👏👏👏

Henrique Lares

Essa líbero realmente é muito boa, defende muito, vi os jogos dos BRICS na internet, é uma geração promissora, com excelente potencial físico, porém faltou técnica e, também, ser um pouquinho melhor treinada. A CBV já não dá mais a mesma importância a nossa base. Além disso, outros países passaram a investir pesado na base, como a China, Turquia e Estados Unidos. Algumas já estão nos times adultos da superliga, como Tainara que já faz parte do Hinode/Barueri, Glaice Kelly do Sesi, Lorrayana acho que sobe esse ano pro adulto do Pinheiros. As Centrais tem mais de 1,90 e são… Ler mais »

Paula Weishoff

Fiquei empolgada com a qualidade, altura, alcance e eficiência de ataque e bloqueio de Diana Alecrim. Não é comum uma central tão jovem ser tão efetiva e fazer mais de 15 pontos por jogo.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x