Search
Sunday 25 October 2020
  • :
  • :

Na força de Leyva, Peru começa bem o Grand Prix

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

O torneio da terceira divisão do Grand Prix começou bem para a Seleção Peruana. Jogando em Monterrey, no México, o time comandando pelo brasileiro Mauro Marasciulo não teve dificuldade, na noite de sexta-feira, para superar a Seleção Queniana, campeã africana, por 3 sets a 0 (25-18, 25-12, 25-23), em 1h14 de jogo.

 

Como tem ocorrido ao time peruano, a oposta Ângela Leyva foi o destaque da equipe. A atacante foi responsável por 22 pontos de sua seleção. Em comparação, a ponteira Carla Rueda foi a segunda maior pontuadora do time, com oito anotações. Dos 22 pontos de Leyva, 16 foram em ataques, cinco em saques e um em bloqueio.

 

Ainda em Monterrey, o México foi superado pela Seleção Colombiana por 3 sets a 0 (25-18, 25-16, 25-18). Neste sábado, Colômbia e Peru fazem o jogo de abertura da rodada, uma partida com dois ingredientes extras: para treinar a Seleção Peruana, o técnico Mauro Marasciulo deixou o comando da Seleção Colombiana; e, nas eliminatórias para a Copa do Mundo, na Argentina, o Peru superou a Colômbia para conseguir a segunda vaga continental. México e Quênia fazem o jogo de encerramento da rodada.

 

No outro quadrangular, em Taldyrkogan, no Cazaquistão, a sexta-feira teve vitória do time da casa sobre a Argélia por 3 a 0 (25-23, 25-17, 25-20), e Cuba, com 18 pontos de Melissa Vargas, aplicando 3 a 0 sobre a Austrália (25-22, 25-12, 25-16). Já na madrugada deste sábado, Cuba fez 3 a 0 sobre a Argélia (25-19, 25-18, 25-16).

 

Os grupos I e II só entram em quadra a partir do próximo fim de semana. As finais do Grupo III serão de 10 a 12 de julho, na Austrália.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x