Search
Thursday 29 October 2020
  • :
  • :

Na força do bloqueio, duplas femininas do Brasil batem suíças e vencem seus grupos

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

O Brasil encerrou a primeira fase do torneio feminino do Mundial de Vôlei de Praia da Holanda com três duplas como vencedoras de grupo e uma na segunda posição. Nesta terça-feira, vitórias em sets diretos garantiram Larissa e Talita como campeãs do grupo B, e Taiana e Fernanda Berti, do grupo I. Ontem, Ágatha e Bárbara Seixas já haviam encerrado sua participação na fase com 100% de aproveitamento, enquanto Juliana e Maria Elisa, com uma derrota, ficaram na segunda posição de sua chave.

 

Larissa/Talita venceu Goricanec/Hüberli, da Suíça, por 2 a 0 (21-16, 21-15), mas teve um início complicado. Talita tinha dificuldade no ataque e as brasileiras não conseguiam encontrar a melhor estratégia no saque. As suíças chegaram ao terço final do primeiro set com vantagem de dois pontos, no entanto, quando o bloqueio de Talita se agigantou, ela e Larissa fecharam a parcial com folga.

 

No segundo set, as brasileiras tinham 3 a 0, quando Hüberli pediu atendimento médico. Na volta da longa paralisação, as europeias equilibraram a virada de bola, enquanto as brasileiras desperdiçavam alguns contra-ataques. Com 15-12 para o Brasil, uma discussão com o árbitro desconcentrou as suíças e facilitou o trabalho de Talita e Larissa: o homem do apito negou o pedido de tempo suíço, dizendo que o tempo médico, pela demora, servira também para o mesmo fim. A partir daí, a vantagem das brasileiras só fez aumentar.

 

Taiana/Fernanda Berti garantiram, não sem susto no segundo set, o primeiro lugar do grupo I com uma vitória sobre Zumkehr/Heidrich também por 2 a 0 (21-14, 21-19). As suíças miravam a artilharia de seu saque sobre Fernanda Berti, na esperança de que a brasileira, com seu 1,89m, se desgastasse de tanto atacar e bloquear. No primeiro set, exceto por um ou outro passe quebrado de Fê Berti, a estratégia não deu resultado. Ela sacava e bloqueava com eficiência e não deu respiro ao ataque suíço.

 

Contudo, na segunda parcial, depois de as brasileiras abrirem 11 a 5, Zumkehr e Heidrich reagiram, Berti deu sinais de cansaço e Taiana, nas vezes em que teve oportunidade de atacar, tinha dificuldade para botar a bola no chão. Com isso, as europeias viraram para 17 a 16 e parecia que levariam o jogo para o set desempate. Foi, então, que o bloqueio de Fernanda Berti voltou a fazer diferença, as brasileiras viraram, aproveitaram o primeiro match point que tiveram e ganharam por vantagem mínima. De quebram, fecharam a primeira fase sem nenhum set perdido.

 

Veja quais são as duplas masculinas do Brasil, tarde desta terça-feira:

 

13h – Amsterdã – RICARDO/EMANUEL x Herrera/Gavira (Espanha)
14h – Roterdã– EVANDRO/PEDRO SOLBERG x Walkenhors/Windscheif (Alemanha)
16h – Appeldoorn – ÁLVARO/VÍTOR FELIPE x Gibb/Patterson (EUA)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x