Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Nada de Vakif ou Rabita. Time da Argélia vai completar o Mundial

Foto: Divulgação

Diz o ditado: “Deus escreve certo por linhas tortas”. Neste caso, podemos dizer que a FIVB escreve certo por linhas tortas. Após muito postergar, a entidade máxima do volei chegou ao limite e finalmente confirmou quem será o último participante do Mundial de Clubes. Para alegria do Sesi e Volero Zurich, seu parceiro no grupo A não será nem Vakifbank, nem Rabita Baku, mas sim o GS Petroliers, que no fim de semana sagrou-se campeão africano.

O impasse “das linhas tortas” começou logo que a FIVB anunciou a edição 2014 e retirou as vagas dos representantes da Norceca e da África para dar a vaga a dois convidos. Na prática, era uma forma da FIVB se redimir da regra que o campeão anterior não tem vaga garantida, diferente do que ocorre no masculino.

Assim era quase certo que as vagas seriam do Molico Osasco, campeão de 2012, e do Vakifbank, campeão de 2013. A vaga do time brasileiro foi confirmada, porém, por conta do calendário apertado, as turcas não confirmaram presença. Assim, a terceira opção da FIVB foi o Rabita Baku, campeão de 2011. Só que a equipe do Azerbaijão já encerrou sua temporada e as jogadoras, entraram de férias.

Com o impasse e a indefinição do Vakifbank, que pode sagrar-se campeão turco nesta quarta-feira (30/04), a FIVB corrigiu seu erro novamente e foi obrigado a convidar o campeão africano, o GS Petroilers, para completar o card. A equipe da Argélia derrotou na final do continental o Kenya Prisions, atual tetracampeão.

Desta forma, os grupos do Mundial ficam: No A, Molico Osasco, Dinamo Kazan e Hisamitsu. No B, estarão Sesi, Volero Zurich e Petroliers.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x