Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

No feriado do Dia do Trabalho, Sada Cruzeiro treina forte, mas perde da seleção brasileira

Foto: Renato Araújo - Divulgação Sada Cruzeiro

No feriado de 1° de maio, dia do Trabalhador, o Sada Cruzeiro não teve tempo para descanso e treinou pesado, dando continuidade à preparação para o Mundial de Clubes, que começa no Mineirinho na próxima segunda-feira, 05/05. Pela manhã, o elenco teve atividade física no CT do Barro Preto e, no início da noite, o grupo celeste disputou o segundo amistoso com a seleção brasileira, no Mineirinho. No placar dessa quinta, a seleção devolveu o resultado do primeiro amistoso, quando os cruzeirenses venceram por 4 a 1, e em um jogo bem equilibrado anotou parciais de 16-25, 28-26, 27-25, 25-21 e 36-34.

A poucos dias da importante competição, o comandante Marcelo Mendez aproveitou o jogo treino para dar rodagem a todo o elenco e, no fim da partida, garotos como Leozinho, Kadu, Éder Levi e Kachel estavam duelando com os também garotos da mista seleção brasileira, treinada pelo assistente Rubinho.

Nos primeiros sets, com o elenco base titular, a ausência sentida foi a do ponteiro cubano Leal, que se recupera de uma entorse leve no tornozelo, sofrida no primeiro amistoso dessa quarta-feira.

O venezuelano Luis Diaz, que substituiu Leal, destacou o trabalho pesado do grupo na preparação para o Mundial e a torcida pela recuperação do colega.

“Nós, atletas, já estamos acostumados, temos uma rotina bem diferente das outras pessoas, outros trabalhadores. E essa quinta-feira foi dia de treinar muito. O Leal está se recuperando bem, temos um departamento médico muito bom, não é uma lesão grave, mas ele tem que ficar parado por alguns dias. Temos um elenco forte. Todos os jogadores que estão fora estão também fazendo o seu 100%, com muita vontade de jogar. Lamentavelmente aconteceu isso com o Leal e estou sempre pronto a dar o melhor de mim para ajudar o time”, disse o venezuelano, já pensando no duelo da estreia do Mundial, que será contra o Guaynabo Mets, de Porto Rico, na segunda-feira, às 20h, pelo grupo A do torneio.

“Nossos adversários virão com ritmo de jogo. Eu conheço alguns jogadores desse time que jogaram pela seleção de Porto Rico e sei que também tem um venezuelano na equipe. É um time bom. Todos os clubes que jogam o campeonato mundial são bons. Temos que entrar pensando em jogo a jogo, concentrados, não teremos jogo fácil”, destacou o ponteiro cruzeirense.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x