Search
Tuesday 1 December 2020
  • :
  • :

No tie-break, Sesi-SP vence jogo disputado contra o Vôlei Futuro

 Foto da notícia  06/03/12 – Vôlei Futuro (SP) e Sesi-SP se enfrentaram nesta terça-feira (06.03), pela décima e penúltima rodada da Superliga masculina de vôlei 11/12. E, depois de um jogo bem equilibrado, o time da capital de São Paulo levou a melhor e venceu por 3 sets a 2, de virada, parciais de 25-27, 25-23, 21-25, 25-24 e 15-7, em 2h14 de jogo realizado no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP).


Com o resultado, o Sesi-SP passa da terceira para a segunda colocação na tabela da Superliga. Na noite em que a equipe da Vila Leopoldina conseguiu a boa vitória, o central Sidão teve atuação de destaque e ficou com o Troféu VivaVôlei, de melhor do jogo. Já o oposto Lorena, do Vôlei Futuro, foi o maior pontuador do confronto, com 25 acertos.

Capitão do Sesi-SP, Murilo destacou a ausência do oposto Wallace, que se recupera de lesão. “A nossa equipe sente muito a falta do Wallace, mas, aos poucos, vai se encontrando”, comentou Murilo, que ainda falou sobre o valor da vitória sobre o Vôlei Futuro. “Agora é uma hora em que o time precisa crescer e uma vitória como essa dá moral para entrarmos bem no play-off”.

O levantador Sandro também analisou a partida. “Começamos com muitos erros de saque. Depois, tivemos mais consciência do jogo e melhoramos. Quem vem entrando tem ajudado muito e, embora o Wallace faça muita falta ao nosso time, os nossos centrais jogaram muito bem e os ponteiros também ajudaram. Todos estão de parabéns”, elogiou Sandro.

O Vôlei Futuro não pôde contar com o cubano Camejo, lesionado. Com isso, o técnico Cézar Douglas começou a partida com Piá na ponta, ao lado de Dentinho, que teve dificuldades para falar sobre o tie-break da partida. “É até difícil comentar o que aconteceu. Começamos o quinto set enfrentando o bloqueio deles e depois deu um apagão na nossa equipe. Agora temos que analisar o que houve para que isso não aconteça mais”.

Na próxima rodada, o Sesi-SP enfrentará o Sada Cruzeiro (MG) no SÁBADO (10.03), às 15h30, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). Já o Vôlei Futuro irá a Volta Redonda (RJ) enfrentar o time da casa, no mesmo dia e no mesmo horário, no ginásio Ilha São João.

Rodada terá outros cinco jogos nesta quarta-feira

Os outros cinco jogos pela décima rodada do returno serão realizados nesta QUARTA-FEIRA (07.03). Às 19h, o BMG/Montes Claros (MG) receberá o BMG/São Bernardo (SP) no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG). Depois, às 19h30, Medley/Campinas (SP) e Londrina/Sercomtel (PR) se enfrentarão no Taquaral, em Campinas (SP), e o Vivo/Minas (MG) jogará contra o Volta Redonda (RJ) na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG).

Os outros dois confrontos da noite serão às 20h. A Cimed/SKY (SC) receberá a UFJF (MG), no Capoeirão, em Florianópolis (SC), enquanto o Sada Cruzeiro (MG) terá o RJX (RJ) como adversário na partida que acontecerá no ginásio do Riacho, em Contagem (MG).

O JOGO

O início do jogo mostrou equilíbrio. O Sesi-SP abriu placar. O time da Vila Leopoldina chegou ao primeiro tempo técnico em vantagem em 8/6. Mas, um ataque do ponteiro Piá deixou o placar igual em 14 pontos. E, contando com erro do adversário, a equipe de Araçatuba assumiu o comando pela primeira vez em 17/16. Em uma disputa de bola na rede com Ricardinho, Rodrigão levou a melhor e colocou o Sesi-SP novamente a frente: 19/18. O set seguiu equilibrado até o fim (23/23), e, com ace de Lorena, o Vôlei Futuro fez 27/25.

A segunda parcial começou mais uma vez bem disputada. Assim como no primeiro set, o Sesi-SP chegou à primeira parada técnica em vantagem: 8/5. Com ace de Léo Mineiro, o time da capital aumentou a diferença no placar em 13/7. O Vôlei Futuro correu atrás e, com ataque de Bob, encostou em 13/12. Com dois pontos de saque de Vini, o Vôlei Futuro fez 18/16. Mas, no final do set, o time da capital paulista levou a melhor: 25/23.

Assim como nos dois primeiros sets, o terceiro também começou bastante equilibrado. No início, os times empataram em 5/5. Depois, o Vôlei Futuro passou à frente e comandou boa parte da parcial, chegando a fazer 19/12, após um ataque de Lorena. Neste momento, o técnico do Sesi-SP, Giovane Gavio, pediu tempo. Mas o time de Araçatuba seguiu superior e venceu por 25/21.

O Vôlei Futuro começou melhor no quarto set. Com um ponto de bloqueio do central Maurício, o time de Araçatuba abriu três pontos (6/3). O Sesi-SP passou à frente em 15/14 com ponto de ataque de Murilo. A parcial seguiu disputada e, com bloqueio de Sidão, o Sesi-SP empatou em 18 pontos. Com ace de Everton, que entrou para sacar, o time da capital paulista fez 21/18. Na sequência, o Sesi-SP fez 25/23 e levou a decisão para o tie-break.

O Sesi-SP deslanchou logo no início do set decisivo e fez 5/0. Com grande atuação do central Sidão no bloqueio, o time da capital de São Paulo abriu grande vantagem em 8/2. A parcial seguiu sem muita dificuldade para o Sesi-SP, que, com ataque de Léo Mineiro, fechou em 15/7.

Vôlei Futuro – Ricardinho, Lorena, Michael, Vini, Dentinho e Piá. Líbero: Mário Junior. Técnico – Cézar Douglas. Entraram: Léozão, Maurício, Thiago Brendle, Bob e Evandro

SESI-SP – Sandro, Juninho, Rodrigão, Sidão, Murilo e Léo Mineiro. Líbero: Serginho. Técnico – Giovane Gavio. Entraram: Tiago Barth, Jotinha, Diogo e Everton



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x