Search
Saturday 19 September 2020
  • :
  • :

No tie-break, Vôlei Nestlé passa pelo Bauru

Titular, Mari Paraíba ficou com o troféu VivaVôlei. (Foto: João Neto / Fotojump)

Na noite desta terça-feira (14), o Vôlei Nestlé foi até o Ginásio Panela de Pressão para enfrentar o Vôlei Bauru e encontrou bastante resistência. Depois de abrir 2 a 0, o time de Osasco permitiu o empate e o jogo só foi decidido no tie-break, com parciais de 25/20, 25/16, 22/25, 23/25  e 15/11. Tandara foi a maior pontuadora (29 pontos). A cubana Palacio marcou 21 vezes e foi o nome do time da casa. Mari Paraíba levou o troféu VivaVôlei.

O próximo desafio do Vôlei Nestlé será no sábado (18), em casa, contra o Camponesa/Minas. Um dia antes, o Bauru tem outra pedreira pela frente: o Sesc RJ, no Rio de Janeiro.

A capitã Carol Albuquerque ressaltou a vontade do time em acreditar até o final e reverter uma situação que se complicou ao longo do jogo. “Foi uma partida muito muito difícil, pois Bauru, em casa, nunca é fácil. Estávamos ganhando por 2 a 0, a torcida estava quieta, mas perdemos o terceiro set e a torcida acordou e veio junto. No quarto set, infelizmente, tivemos problema com a arbitragem, que me deu cartão vermelho, que eu não merecia, e saímos do jogo. O importante é que conseguimos reverter a situação e deixamos a quadra com a vitória. Valeu pela experiência, mais um aprendizado para a nossa equipe”, analisou.

Antes do jogo desta terça, o último confronto entre Vôlei Nestlé e Vôlei Bauru havia sido dia 7 de outubro, no José Liberatti, quando a equipe de Osasco venceu por 3 sets a 1 (parciais de 25/21, 25/22, 19/25 e 25/19) e garantiu vaga na final do Campeonato Paulista. Quatro dias antes, no ginásio Panela de Pressão, a equipe de Tandara, Bia, Fabíola e cia. também havia batido o adversário pelo mesmo placar (3 sets a 1, parciais de 25/18, 23/25, 25/14 e 25/23). A série de vitórias abriu caminho para a conquista do hexacampeonato estadual.

O jogo – O Vôlei Nestlé demorou a conseguir desgarrar no placar. Primeiro, após um sequência de saques de Tandara, saiu do 12/12 para 16/12. Porém, as donas da casa encostaram novamente no 16/15. Com saque eficiente e boa defesa, a equipe de Osasco construiu a vitória aproveitando os contra-ataques. A sérvia Nadja Ninkovic conseguiu um ace no 23/18, mas a parcial acabou de forma inusitada. Quando Bauru tantava fazer seu 21. ponto, Carol Albuquerque (que entrou na inversão ao lado de Lorenne) fez grande defesa e a bola caiu na quadra adversária: 25/20.

O bloqueio apareceu no segundo set. Além dos seis pontos diretos, vários ataques de Bauru foram amortecidos e permitiram que a defesa da equipe de Osasco funcionasse. Ninkovic, Bia, Mari Paraíba e Tandara formaram um verdadeiro paredão. O resultado foi uma parcial tranquila, na qual as visitantes conseguiram manter uma vantagem média de cinco pontos. Com Paula, Mari Paraíba e Tandara virando praticamente todas as bolas, o Vôlei Nestlé ampliou a vantagem no final da parcial e venceu por 25/16.

O terceiro set começou complicado para o Vôlei Nestlé. Bauru chegou a 7/2 e manteve boa vantagem até Tandara ir para o saque e, com três aces seguidos, empatar em 15/15. A partir daí a parcial voltou a ficar equilibrada. Porém, apesar da luta das jogadoras da equipe de Osasco, as donas da casa continuaram aproveitando melhor as oportunidades, contaram com erros de ataque das adversárias e voltaram a comandar o placar. Com isso, fizeram 25/22 e se mantiveram vivas na partida.

O início do quarto set manteve a tônica da parcial anterior. Embaladas, as atletas de Bauru conseguiram manter a ponta no placar, chegando a abrir 10/6. Aos poucos, o Vôlei Nestlé foi entrando no jogo e, com três pontos seguidos de ataque de Tandara (duas bombas e uma largada), encostou no 11/10. O empate veio no 14/14, novamente com a ponteira. A virada veio no 17/16 logo após a entrada de Carol e Lorenne na inversão. Com o jogo equilibrado, a arbitragem gerou muitas reclamações do Vôlei Nestlé, que não concordou com marcações de bola fora. Tanto que Carol levou um cartão vermelho e as donas da casa fizeram 21/19. Na base da garra, as visitantes voltaram a equilibrar e fazer 23/22. Porém, Bauru conseguiu virar e fechar em 25/23.

No tie-break, o saque de Bauru entrou e complicou o passe do Vôlei Nestlé, obrigando o técnico Spencer Lee a pedir tempo no 3/6. Sem perder o foco, voltou para o jogo e, forçando o erro das adversárias empatou no 6/6 e virou no 7/6. Com um ace de Tandara, fez 8/6 e mudou o lado de quadra na frente. Com ‘sangue nos olhos’, as jogadoras conseguiram virar bolas importantes e contaram muito com bons de saques de Tandara e Mari, que fez ace no 14/10, para fechar em 15/11.

Vôlei Nestlé entrou em quadra com Fabíola (3), Paula (11), Bia (13), Ninkovic (7), Mari Paraíba (14), Tandara (29) e a líbero Tássia. Entraram: Carol Albuquerque (1), Lorenne (1), Nati Martins (5). Técnico: Spencer Lee. A ponteira Angela Leyva e o técnico Luizomar defendem a seleção do Peru nos Jogos Bolivarianos e retornam contra Camponesa/Minas, neste sábado (18), no José Liberatti.

Vôlei Bauru entrou em quadra com Juma (4), Helô (17), Dayse (5), Palacio (21), Valquíria (9), Andressa (8) e a líbero Venegas . Entraram: Ju Carrijo, Ariane (7), Arlene. Técnico: Fernando Bonato.

 

Mais detalhes em breve.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
14 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Luciano

Esse jogo pegou fogo! Jogadoras do Osasco brigando entre si, coisa feia de ver. Tandara correndo p/ apaziguar a situação e colocar o time de volta no jogo….

Mateus C Scriboni

Como assim, Luciano? O que aconteceu durante o jogo e quais foram as jogadoras?

Luciano

Carol brigou feio com o juiz e acabou tomando cartao vermelho, Bia e Nati Martins se desentenderam, Fabiola e Mari Paraiba discutiram feio e a Paula Borgo brigou com a Val do Bauru….o jogo foi quente…

Hermes Correia

Vôlei Nestlé está com a síndrome do 3º set !! Contra o Fluminense não consegui se recuperar. Ainda bem que contra o Bauru veio a recuperação e a vitória, mesmo que por 3X2.!!

Ária Starks

TAndara ponteira passadora, alvo do saque das inimigas fez 29 pontos. Paula, oposta, não tem outra obrigação a não ser derrubar a bola, fez 11 pontos em 5 sets. Paula parece q não deu certo no Osasco.

Visitante

A Nestlé investe e a torcida só chora ano após ano…
A última vez que o Perusasco levantou o caneco eu ainda era menor de idade, já passei dos 18 e a torcida continua chorando……eita kkkkkkk

Sauana

Realmente o rio tem sido o melhor nos ultimos anos, com excelente trabalho do mestre bernardo, agora filho quem lá fora tem respeito é o osasco, e pelo visto mesmo não vivendo a boa fase é o único que da mídia nesse blog, praia ganha e o destaque é o osasco, sò verificar quantos comentam dos outros times em outros post, aceita.

Sauana

Visitante, o time formado pra se campeão e o praia, vc se preocupa muito com o osasco e na real a nestlé pouco importa quanto ao desempenho, fato é que a equipe é marketing, e vocês que tantam criticam so elevam o patrimônio da nestlé com tantam mídia, nem o praia tem tantos admiradores quanto o osasco.

Visitante

O Perusasco abriu 2 x 0 e tomou o empate kkkkkkk , sorte delas que era Bauru…mesmo assim as perusasquianas saíram com um baita prejuízo…
Perdeu 1 ponto pra Valinhos
Perdeu 2 pontos para o Flu
Perdeu 1 ponto pra Bauru..

Imagina quando enfrentar os grandes…..A Nestlé deve estar super feliz com o desempenho do técnico estrupicio.

Roger

Calma vai ser 3×0 em cimq das anas do rio kkkk

Visitante

Só se for o Rio Tiete, pois diante do Rio de Janeiro elas são freguesas de carteirinha.
2005 Osasco
2006 Rio
2007 Rio
2008 Rio
2009 Rio
2010 Osasco
2011 Rio
2012 Osasco
2013 Rio
2014 Rio
2015 Rio
2016 Rio
2017 Rio….

Você ainda acha que hoje o renomeado Perusasco tem chance ?????
Kkkkkkk só rindo mesmo.

Roger

E o piscinão de ramos como vai muita bosta boiando kkkk e o que sobrou das olimpiadas virou o que ? Viveiro para o mosquito da dengue ? Cuidado bala perdida kkkk? Vamos saquear para vender na favela kkk

Pipoqueiro do Tijuca

Osasco é um paraíso, né???

Roger

Nao e um paraiso !!! Mais e uma cidade rica e cara e nao precisade turismo para ser rica !!! Mais se vc quiser pode ficar na periferia e construir um barraco como todo migrante faz para viver aqui rs e nao e só os nordestinos que vem tentar a vida aqui muito mineiros e cariocas tbm kkkkkkkkmmm

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x