Search
Sunday 12 July 2020
  • :
  • :

Novas regras serão testadas nos Mundiais Sub-23

Crédito: Divulgação/FIVB

 

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB), continua com o intuito de testar novas regras no esporte. A entidade já havia anunciado uma primeira mudança a ser inserida nos Campeonatos Mundiais Sub-23 Masculino e Feminino: parciais de 15 pontos, em partida melhor de sete sets.

 

Mas as novidades não param por aí. Nesta sexta-feira (16/06) o site volleyball.it divulgou outras duas alterações nas regras, que também deverão ser testadas nessas competições:

 

1 – No saque, o jogador (a) não poderá mais aterrizar na quadra. O salto (no caso de um saque viagem ou flutuante) e a queda devem ser executados antes da linha.

 

2 – Nas ações ofensivas executadas antes da linha dos três (pipe ou bola de fundo), a bola só poderá cair também antes da linha do três do lado adversário. Ou seja, uma largada perto da rede ou atrás do bloqueio, que caírem antes da linha dos três nesse tipo de ataque, não serão mais aceitos e o ponto irá para o time adversário.

 

Só o tempo irá mostrar se esses testes serão aprovados e incluídos em todos os torneios. O Mundial Sub-23 Masculino acontecerá entre os dias 18 a 25 de Agosto, no Egito, enquanto a versão Feminina será na Eslovênia, de 10 a 17 de Setembro.

 

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá




Subscribe
Auto Notificar:
guest
14 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Eduardo
Eduardo
20/06/2017 20:27

Discordo dos argumentos contra. Com 7 sets de 15, serão disputados no máximo 105 pontos, diminui o tempo médio das partidas, por outro lado o tempo de bola em jogo vai aumentar, em média se calcula que as partidas vão durar o mesmo tempo, com mais rally! O jogo vai se deslocar um pouco para a defesa. Como experimento acho válido! E outra coisa, serão 7 tie bracks , isso possibilita reação das equipes e maiores possibilidades viradas de jogo.

Joel Delaunay
Joel Delaunay
12/05/2018 21:55
Reply to  Eduardo

Ola,. Maiores possibilidades, tai um bom motivo para aceitar aumentar o números de sets.

Sandro
Sandro
20/06/2017 19:56

Já é Difícil aceitar essas regras ridículas. E o cara escreve o texto errado ainda! É bola antes ou depois da linha dos 3 cara pálida? Que se tá entendendo por antes e depois?

Joel Delaunay
Joel Delaunay
12/05/2018 21:53
Reply to  Sandro

Concordo com vc Sandro. Primeiramente, é preciso formular o texto corretamente, para não criar uma expectativa de dubiedade no entendimento da regra. Agora, por outro lado; vejo as mudanças como algo bom e que, com o tempo poderemos discutir melhor a eficiência da regra nova. Vamos aguardar os testes, para podermos discutir melhor.

Carlos
Carlos
19/06/2017 09:17

Eu gostaria muito de entender estas mudanças de regras para o vôlei. Se me disserem que é para que o esporte seja transmitido com mais frequência, eu direi que é mentira. Se disserem que é por conseguir colocar na grade das emissoras, direi que é mentira. Hoje temos o futebol com 2 horas de transmissão, isto quando não há o pré e pós jogo. E isso eu falo das emissoras abertas. Se muda a grade da programação para se passar uma partida de futebol de outro país, mas não se muda para transmissão do campeonato nacional de nenhum outro esporte… Ler mais »

Gênio
Gênio
20/07/2017 17:02
Reply to  Carlos

Eu realmente sou um amante do Volei a muitos anos, mas já estou perdendo o gosto pelo esporte só em ver essas possíveis mudanças sendo ventiladas.

Chandler Bing
Chandler Bing
18/06/2017 06:44

Desde que o Ary “Desgraça” virou presidente da FIVB é uma cagada atrás da outra. Regras absurdas que não darão certo.
Eles querem fazer de tudo para agradar as emissoras, querendo dinamizar o esporte e torná-lo mais atrativo. Não adianta, quem não gosta/assiste vôlei, não vai passar a gostar/assistir nem mesmo se diminuírem a quantidade de sets.
Colocaram a porcaria dos sets de 21 pontos aqui na superliga, não deu certo. Tentaram colocar o primeiro ataque como obrigatório sendo antes das linhas dos 3 metros, não deu certo.

Luis Raimundo
Luis Raimundo
17/06/2017 21:10

Ridículo não puder cair na quadra no saque e o ataque da linha de 3 metros ser obrigatoriamente atras da linha de 3 metros do adversário também é bem ridícula! Já a contagem de pontos também não me agrada nada mas as duas regras citadas assim são mais nojentas ainda!!! Não vejo onde essas duas regras PARVAS fariam o jogo mais fluido e com menos pausas, não vejo mesmo. Ao tirar as paradas obrigatórias e deixar apenas os tempos técnicos mudariam sim as coisas e obteriam os resultados que tanto desejam, olha o que aconteceu na superliga!! Espero que as… Ler mais »

CARLOS MATHEUS FERREIRA GUTIERREZ
CARLOS MATHEUS FERREIRA GUTIERREZ
17/06/2017 18:02

Tenho impressão de que quem está sugerindo essas regras joga tudo, menos volei.

Renato
Renato
17/06/2017 18:01

Tá mal explicada matéria mal feita

Woody
Woody
17/06/2017 15:42

A última mudança boa foi o fim da vantagem.
Cada coisa…

Jones
Jones
17/06/2017 15:06

Total sem noção. A FIVB deveria cortar esse tempo tecnico de 8 e 16 pontos, o jogo fic amais dinamico e menos cansativo. A Superliga Bras está 100 anos na frente. Sete sets de 15 pontos,e les querem alongar ainda mais os jogos e dabandar o publico ???????? Quanta gente burra .

nsr
nsr
17/06/2017 13:33

Na minha opinião isso não vai dinamizar o esporte, que é a intenção deles, isso só vai complicar mais a vida do/a atleta, por exemplo o jogador q sacar viagem vai demorar mais pra chegar na sua posição, e o aconteceram mais erros de saque também pois muito já estão acostumados a sacar de certa posição

Galbraith
Galbraith
17/06/2017 12:53

Vai funcionar tão bem quanto apenas não poder tocar na parte superior da rede e os sets de 21 pontos…

Acabar com os tempos técnicos é a única medida urgente.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x