Search
Friday 29 May 2020
  • :
  • :

O melhor do mundo: Após aposentadoria, Escadinha recebe homenagens

Foto: Arquivo

A próxima temporada de vôlei não contará com o melhor líbero da história. Ao longo das últimas décadas, foram quatro medalhas olímpicas (duas de ouro e duas de prata), dois Mundiais, duas Copas do Mundo, sete Ligas Mundiais, além de incontáveis títulos individuais e em clubes. Sérgio Dutra dos Santos, o eterno Sérgio Escadinha, anunciou aposentadoria aos 44 anos, mas seu legado continua.

“É meus amigos, chegou a hora de agradecer a todos que tiveram presente comigo direto é indiretamente no voleibol. Nem nos meus mais belos sonhos eu iria imaginar tal feito. Deixo as quadras sorrindo pois entrei nela, sorrindo . Fico feliz de ter ajudado a contribuir com o esporte brasileiro. E que esse legado, dure eternamente. Agora é hora de contribuir fora das quadras. Não fiquem tristes! Quer me deixar feliz! Joguem voleibol. Amo vocês!”

Incontestável dentro e fora de quadra, ele segue inspirando atletas dentro e fora de quadra, como a também bicampeã olímpica Fabi Alvim. “Obrigada por me emocionar todo esse tempo. Você é história, você é histórico, você é o maior que vi jogar.”

Confira mais mensagens dos atletas:

Bruno Rezende (levantador):
“O teu legado e o que você deixa para o mundo é algo muito grande e bonito. Obrigado por ter me guiado sempre e me ter feito como pessoa e jogador. Eu te amo demais, meu irmão.”

Natália Zilio (ponteira):
“Obrigada por ter sido exemplo, não só dentro das quatro linhas, mas um exemplo de vida! Parabéns por todas as conquistas e pelo ser humano incrível que você é! QUE HISTÓRIA!”

Yoandy Leal (ponteiro):
“Hoje, venho dizer o quanto eu gostaria de ter jogado ao seu lado. Era um dos meus sonhos, mas a vida somente nos colocou em jogos contra. Passamos alguns momentos bons em quadra e algumas discussões, mas eu sabia que era brincadeira. Te desejo o melhor sempre.”

William Arjona (levantador):
“Meu irmão SÉRGIO! Eu poderia passar o meu dia escrevendo coisas sobre você, sobre simplicidade, humildade e generosidade que, para mim, vão muito mais além do que o atleta vencedor e ídolo que você é… Muito sucesso daqui para frente. Te amo!”

Rodrigão (ex-central):
“Foi muito bom dividir a quadra e ótimos momentos representando nosso país e nossos clubes. Mas isso tudo só foi uma fase e ainda temos uma vida para curtir, irmão!”

Maurício (ex-levantador):
“Lendas como você nunca serão esquecidas, meu amigo e irmão. Você sempre estará presente na história do mundo do voleibol. Você foi MITO da posição, um Deus olímpico. Sou privilegiado por ter jogado com você.”

Antonio Rizola (treinador):
“Nosso país e o voleibol agradecem sua perseverança e exemplo de um grande atleta e pessoa que é. Prazer em poder ter convivido e acompanhado de perto sua trajetória.”




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »