Search
Saturday 26 September 2020
  • :
  • :

Olympico/MartMinas vence Vivo/Minas pela segunda vez no Mineiro

22/10/2011 – Contando com o apoio de sua torcida, o Olympico/MartMinas conquistou sua segunda vitória no Campeonato Mineiro Masculino de Vôlei, neste domingo, 23, ao derrotar o Vivo/Minas. O jogo foi decidido no tie break, com parciais de 25-22, 23-25, 22-25, 25-22 e 15-12. Com a vitória, o Tricolor da Serra soma quatro pontos e permanece na quarta posição na classificação da competição.

"); // -->

 
O jogo começou com a equipe visitante impondo seu ritmo de jogo, em um set marcado pelo equilíbrio. O Vivo/Minas forçava o saque, dificultando a recepção adversária, e ainda contava com a boa distribuição de Marcelinho. Mas o Olympico/MartMinas não deixava os minastenistas abrirem vantagem. Com bons bloqueios de Carlão e ataques certeiros de Marcos, a os donos da casa conseguiram virar a partida duas vezes e fecharam a primeira etapa na frente.

O alto nível técnico da primeira etapa se manteve na segunda. Durante todo o período, a disputa foi ponto a ponto, com os dois times se alternando na liderança. O Olympico seguia contando com os bons ataques de Carlão e Marcos e os minastenistas tinham em Edinho e Otávio seus principais marcadores. No fim do set, com bons contra ataques, o Minas abriu três pontos de vantagem, fechou a etapa e empatou a disputa.
No terceiro set, os minastenistas saíram na frente, mas o Tricolor da Serra buscava retomar a liderança da partida. O Vivo/Minas apresentava uma defesa sólida e contava com bons ataques do oposto Edinho. Já os tricolores faziam dos contra ataques sua principal arma. Mais uma vez, o equilíbrio tomou conta do confronto. Encaixando bons bloqueios  e errando menos, os visitantes conseguiram abrir dois pontos e, com ataque de Anderson, viraram a partida.

Disposto a reverter a situação desfavorável, o Olympico/MartMinas começou a quarta etapa impondo seu ritmo, forçando o saque e afinado no bloqueio. O time de André Donegá chegou a ficar quatro pontos na frente, mas o Vivo/Minas logo diminuiu a diferença. Apresentando uma boa recepção e aproveitando os bons saques e ataques do ponteiro Marcos, o Olympico se manteve à frente até o fim da etapa e levou a partida para o tie-break.

A acirrada disputa pelo primeiro ponto do set desempate já deu mostras de como seria a decisão. Em um rally emocionante, o Olympico/MartMinas abriu a decisão. Motivados pelo bom começo, a equipe da casa abriu três pontos de vantagem. O Vivo/Minas tentou reverter a situação, mas a equipe tinha dificuldades na recepção do saque adversário, o que complicava a formação do contra ataque. Administrando a vantagem, o Tricolor da Serra fechou a partida e conquistou sua segunda vitória em cima da equipe minastenista.

O treinador da equipe vencedora, André Donegá, exaltou a atuação do ponta Marcos, maior pontuador da partida com 27 pontos, e ao bom aproveitamento do saque. “Hoje, melhoramos no fundamento saque, o que facilitou nosso bloqueio e defesa, gerando mais contra ataques. A atuação do Marcos também foi importante. Ele foi muito efetivo, tanto na recepção, quanto no ataque”, contou o comandante. 

Já o destaque da partida, Marcos, acredita que a concentração foi fundamental para o triunfo. “Conversamos muito antes do jogo e entramos muito concentrados. Nosso rendimento foi muito bom, principalmente no ataque”. O ponteiro falou também de sua atuação. “Venho de um momento ruim, mas hoje já joguei bem melhor. Estou me preparando muito para poder ajudar minha equipe no Mineiro e na Superliga”, finalizou.

O treinador do Vivo/Minas, Marcelo Fronckowiak, disse que bloqueio da equipe não funcionou e que isso foi decisivo na disputa. “Tivemos muita dificuldade nesse fundamento. Nós até conseguimos dificulatar a recepção adversária, mas o bloqueio não foi efetivo. Também pecamos muito no início do quarto e quinto sets. Além disso, o Olympico entrou muito motivado e mereceu vencer o clássico”, afirmou Fronckowiak.

O central minastenista Otávio acredita que faltou regularidade à equipe. “Foi um jogo equilibrado, mas fizemos alguns sets ruins, como o primeiro e o último. Faltou ser mais constante, mas o Olympico soube jogar com vontade e isso fez a diferença”, explicou o camisa 14.

Próximos jogos

O próximo confronto do Olympico/MartMinas será contra o Pequi Atômico, na próxima terça-feira, 25, às 19h30, em Montes Claros. O grupo comandado por André Donegá vai tentar a reabilitação para não se distanciar dos líderes do campeonato. Já os minastenistas voltam à quadra no clássico contra o Sada/Cruzeiro na sexta-feira, 28, na Arena Vivo. A equipe vai contar com o apoio da torcida para tentar provocar a primeira derrota do time celeste na competição.
 
 
 
 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x