Search
Thursday 22 October 2020
  • :
  • :

Para Brait, Vôlei Nestlé precisa aproveitar as oportunidades no duelo contra o Rexona

Crédito: João Neto/Fotojump

Crédito: João Neto/Fotojump

 

A fase final da Copa Banco do Brasil 2016 começa nesta sexta-feira (29/01) e o Vôlei Nestlé terá pela frente o Rexona-Ades na semifinal. O confronto está marcado para o ginásio do Taquaral, em Campinas, às 21h, com transmissão do SporTV. Maior vencedor do torneio, o time de Osasco precisa superar a equipe do Rio de Janeiro na busca pelo tricampeonato. Em ascensão, o time comandado por Luizomar vem de três vitórias seguidas e com boas atuações.

 

Para Camila Brait, o Vôlei Nestlé precisa ser eficiente quando as chances aparecerem durante a partida. “Jogar contra o Rexona é sempre difícil. Precisamos quebrar o passe delas e, consequentemente, ajudar nosso sistema defensivo. Será importante ter tranquilidade para a virada de bola funcionar, errar pouco e aproveitar as oportunidades da melhor maneira possível”, comenta a líbero. A defensora fez parte e foi titular nas conquistas dos títulos da Copa Brasil de 2008 e 2014.

 

O técnico Luizomar ressalta o trabalho de preparação para o clássico. “Estudamos bastante para esse confronto diante do Rexona e trabalhamos forte para a sequência de jogos que teremos pela frente. Foi um período de treinos bastante produtivo. Além da Copa Brasil, temos em seguida uma semana de partidas difíceis pela Superliga. Esses dias de treinamentos foram muito valiosos para a equipe. Para sairmos com a vitória no clássico temos que jogar bem taticamente e seguir o plano de jogo estabelecido”, analisa o treinador.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x