Search
Saturday 28 November 2020
  • :
  • :

Para Serginho, SESI-SP precisa vencer e pensar nos playoffs‏

Foto: Divulgação

A fase de classificação da Superliga Masculina chega ao fim nesta quarta-feira (26), com todos os jogos sendo realizados ao mesmo tempo, às 19h. O time do Serviço Social da Indústria (SESI-SP) encara o Montes Claros, em Minas Gerais, buscando sua 19ª vitória para tentar, mais uma vez, assumir a liderança da competição. Atrás do líder Sada Cruzeiro em um ponto, o time precisa vencer por 3 x 0 ou 3 x 1 e torcer para o Rio de Janeiro pelo menos vencer dois sets contra os mineiros. Cruzeiro e SESI-SP chegariam aos 55 pontos, mas a equipe da Vila Leopoldina passaria à frente no número de vitórias (19 – 18).

Para o líbero Serginho, que voltou ao time na partida contra o RJ Vôlei, no último sábado, a liderança ficou bem difícil, mas o time vai fazer a sua parte e lutar até o fim. No entanto, o mais importante para o jogador é que o duelo servirá para acertar detalhes e já pensar nos playoffs.

“Ficou muito difícil. Vamos jogar para ganhar, mas também para acertar algumas coisas e lapidar alguns pontos que precisamos trabalhar. Depois é pensar nos playoffs, quando começa outro campeonato”, disse o líbero, que saiu na terceira rodada do returno, após o jogo contra o São Bernardo, ficando seis jogos fora.

Serginho também lamentou as oportunidades perdidas pelo SESI-SP para assumir a liderança, mas acredita que a fase vai mudar. O time perdeu três partidas na competição, todas em casa, em jogos onde poderia ter saído líder. A primeira foi no duelo direto contra o Cruzeiro (derrota por 3×0). As duas seguintes foram contra Vivo Minas e RJ Vôlei (derrotas por 3×2), quando o time teve oportunidades claras de fechar com vitória e assumir a ponta. Para o camisa 10, o fato de as equipes estarem passando por momentos complicados e terem conseguido a vitória justamente sobre o SESI-SP, na Vila, não foi coincidência, mas vacilo do time da casa.

“Não foi coincidência. Eu acho que nós é que não aproveitamos. No último jogo tivemos a bola para fechar e não fechamos, então pagamos caro com a derrota. Na final da Copa Brasil também tivemos a oportunidade e não fechamos. Mas é do jogo. Está batendo na trave e saindo. Mas uma hora vai bater na trave e entrar”, afirmou Serginho, que aponta a necessidade de melhorar alguns detalhes, mas sem mudar o estilo de jogo da equipe.

“Não vamos mudar nosso jogo. Nos playoffs a história muda, mas não vamos mudar nossa tática nem o jogo. Precisamos melhorar alguns fundamentos, entrar mais forte em quadra. O saque, por exemplo, precisa entrar mais forte e o pessoal está treinando bem pra isso. Hoje, no treino, eles sacaram bastante. No último jogo o saque não funcionou, mas o ataque, sim. O Evandro fez 34 pontos, e isso é muito ponto. Então o ataque está bem, mas precisamos melhorar alguns fundamentos”.

Dependendo dos confrontos desta quarta-feira, o SESI-SP poderá enfrentar São Bernardo, Moda Maringá ou UFJF, sempre com a vantagem de fazer dois jogos em casa. Os playoffs da Superliga Masculina terão início dia 08 de março.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x