Search
Tuesday 21 January 2020
  • :
  • :

Playoffs: Diante da torcida, Dentil/Praia Clube supera Fluminense

Confronto aconteceu em Uberlândia-MG. (Foto: Nadine Oliver)

Na noite chuvosa desta segunda-feira (18), em Uberlândia-MG, o Dentil/Praia Clube recebeu o Fluminense, no primeiro confronto das quartas de final da Superliga Cimed 2018/2019. Com um volume de jogo mais eficiente e contando com um melhor entrosamento entre a levantadora Carli Lloyd e a central Fabiana, a equipe de Paulo Coco levou a melhor sobre as cariocas por 3 sets a 0, com parciais de  25/23, 25/17 e 25/19.

Por votação popular, a ponteira Michelle Pavão foi eleita a melhor em quadra e recebeu o troféu VivaVôlei.

O segundo jogo entre as equipes acontece nesta quinta-feira (21), a partir das 21h30, no Rio de Janeiro. O tricolor carioca precisa vencer e forçar o terceiro jogo, enquanto o Praia depende apenas de um resultado positivo para chegar às semifinais.

A primeira rodada das quartas de final será encerrada nesta terça-feira (19), com Hinode Barueri e Osasco-Audax se enfrentando, a partir das 19h. Já às 21h30, o Sesi Vôlei Bauru encara o Sesc RJ. Os dois confrontos serão transmitidos pelo Sportv 2.

O jogo

Com força no bloqueio, as cariocas começaram na frente pelas mãos da central Lara (1 a 3). E foi com o mesmo fundamento que a equipe de Uberlândia empatou (4 a 4). Nos saques de Carol, aconteceu a virada (6 a 4). Após pedido de tempo de Hylmer Dias, as cariocas viraram em passagem de Ju Carrijo no saque. Na sequência, o Flu foi mais eficiente no ataque para seguir equilibrando a parcial (13 a 13), quando as anfitriãs passaram a ser mais eficientes (17 a 15). Após um ataque na rede de Daroit, Hylmer parou o jogo novamente (21 a 18) e deu resultado. Em uma dividida na rede com Fawcett, Thaisinha levou a melhor (23 a 22), obrigando Paulo Coco a parar. E Michelle resolveu com um ataque para fechar em 25 a 23 (1 a 0).

O início do segundo set foi marcado por bons saques de Lloyd (3 a 1). Com Pri Daroit e Thaisinha, as cariocas reagiram (6 a 5). Com Lara, o empate aconteceu (7 a 7), mas erros facilitaram a vida do Praia (11 a 8). Depois de um pedido de tempo, Carol parou Joycinha no bloqueio e, na sequência, atacou uma bola rápida (13 a 8). Com Carla no lugar de Thaisinha, o Flu seguiu em busca de equilibrar o jogo, mas o Praia seguiu eficiente (16 a 11), liderado por Garay. Após, o Praia dominou com grande volume de jogo e virando praticamente todas as bolas. Fabiana, em jogada rápida, colocou as mineiras com 21 a 13 no placar. Vivian e Ariane entraram na inversão nos lugares de Ju Carrijo e Joycinha, assim como Larissa no lugar de Leticia Hage e a diferença diminuiu, após erro de Fawcett (21 a 16). Para acertar o grupo, Paulo Coco pediu tempo e o 2 a 0 veio com Fawcett em 25 a 17.

Após abrir 1 a 2 no terceiro set, o Fluminense viu o Praia Clube reagiu para fazer 5 a 2. As cariocas ainda buscaram reação com Carla, mantida no lugar de Thaisinha, mas o volume de jogo mineiro seguiu melhor. Com um entrosamento mais eficiente com Lloyd, a capitã Fabiana marcou 12 a 7. Seguindo, a vantagem mineira foi ampliada pelas mãos da central Carol (18 a 12). Após marcar o vigésimo ponto, o Praia viu o tricolor se aproximar (20 a 17), mas Garay fechou a rede de Joycinha (23 a 18) e, administrando o placar, a vitória veio com Carol (25 a 19) – 3 a 0.

Escalações iniciais

Dentil/Praia Clube: Carli Lloyd, Nicole Fawcett, Fernanda Garay, Michelle, Fabiana, Carol e Suelen (líbero)

Fluminense: Ju Carrijo, Joycinha, Pri Daroit, Thaisinha, Lara, Leticia Hage e Sassá (líbero)




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »