Search
Thursday 28 January 2021
  • :
  • :

Por liderança, Fabiana pede concentração ao Sesi contra o Praia

Divulgação/CBV

Fabiana tem sido um dos destaques da competição até o momento

Com 24 pontos conquistados em oito jogos, o Sesi pode assumir a liderança isolada da Superliga feminina de vôlei nesta quinta-feira (11). Para isso, basta vencer o Dentil/Praia Clube em jogo programado para às 21h30 (horário de Brasília), no ginásio da Vila Leopoldina, pelo placar de 3 sets a 0 ou 3 sets a 1. O duelo terá transmissão ao vivo do “SporTV”.

Capitã da equipe, Fabiana pede ainda mais foco das companheiras para sair de quadra na ponta da tabela. “Estamos com o nível máximo de concentração. Na reta final do primeiro turno, só teremos equipes bem armadas. Contra o Praia Clube, vamos precisar redobrar a atenção com o ataque delas, além de bloquear e sacar bem para dificultar o passe delas”, afirmou a atleta, que também é uma das estrelas da seleção brasileira.

O técnico Talmo de Oliveira, por sua vez, crê em uma partida bem diferente daquela disputa na última terça (9), quando o Sesi surpreendeu ao fazer tranquilos 3 a 0 sobre o Pinheiros na casa dos rivais.

“Estamos vivendo um momento muito bom, mas contra o Praia é um jogo diferente. É mais pancada, mais difícil e pesado. Temos que sustentar bem o bloqueio, ter um volume muito bom. Será um grande jogo e vamos buscar a vitória dentro de casa para crescer mais na tabela”, analisou.

Enfrentar o Praia Clube significa enfrentar a maior pontuadora da Superliga. Tandara segue na liderança do ranking da CBV com 146 pontos. Mesmo com a adversária de peso, Talmo descarta qualquer marcação especial e prega atenção com time inteiro.

“São jogadoras muito experientes, com muitos recursos. A Tandara recebe muitas bolas e obviamente precisamos ter atenção, mas não podemos deixar o resto do time livre para atacar. Temos que sacar muito bem para neutralizar o sistema defensivo delas e atrapalhar o ataque”, afirmou.

Quem conhece muito bem o Praia Clube é Monique, que jogou pelo time de Uberlândia de 2011 a 2013. Nas duas últimas Superligas, as equipes se enfrentaram nos playoffs e sempre fizeram jogos equilibrados. Mesmo que o Praia tenha mudado bastante, a oposta acredita que o nível será o mesmo e o nível do jogo do time paulista precisa continuar alto para vencer.

“Vai ser muito difícil. Vamos ter que respeitar taticamente muita coisa. Nesse nível de jogo, temos que sacar bem, bloquear bem e entender as características das jogadoras. Mas assim como a gente conhece o time delas, elas também conhecem a gente. Tem muito pouco tempo, um dia só, então precisamos descansar bem para fazer uma boa partida”, comentou a atleta.

De fato, o Praia promete complicar bastante, especialmente porque a equipe acabou perdendo em casa para o Molico Osasco por 3 a 0 essa semana. Diz a meio Natália Martins: “Sabemos que a Superliga é uma competição muito longa. A derrota para o Molico nos mostrou o quanto ainda precisamos melhorar. Agora, vamos estudar o Sesi e armar uma estratégia para fazermos um bom jogo. Temos que anular as bolas da Fabiana, da Monique e da Suelle e sacar bem. Nosso time é experiente e vamos fazer um bom jogo buscando a vitória fora de casa”.

No momento, o Molico, que folga na rodada, aparece na liderança da Superliga feminina, com 26 pontos (nove vitórias). O Sesi está em segundo lugar, com 24 (oito resultados positivos), e o Rexona-Ades em terceiro, com 23 (também com oito vitórias). Já o Praia Clube vem logo atrás, em quarto lugar, com 17 pontos (seis vitórias e duas derrotas).




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x