Search
Monday 25 January 2021
  • :
  • :

Presidente do Moda Maringá, Ricardinho diz que momento do vôlei brasileiro é difícil

Foto: Luis Ventura/Melhor do Vôlei

As últimas semanas foram agitadas nos bastidores do vôlei brasileiro, em especial no masculino, com os problemas financeiros vividos por algumas equipes, como o RJ Vôlei e o Montes Claros.

Levantador do Moda Maringá e também presidente do clube, Ricardinho comentou sobre o tema após a participação de seu time na Copa Brasil, nesta quarta-feira (16/01), em São Paulo. Pra ele, o momento vivido pelo vôlei é difícil e a CBV precisa ligar o alerta.

“É um momento difícil. Eu acho que a CBV tem que se preocupar, pois tem muitas equipes acabando. Tem três ou quatro equipes que estão no patamar elevado em termos  de estrutura, dando uma garantia de trabalho e está acontecendo de jogadores irem embora novamente. Não era o que eu queria. Quando o pessoal voltou eu fiquei muito contente, a Superliga crescendo cada vez mais e é o momento em que a sirena tem que estar alerta na CBV, para que ela possa fazer alguma coisa pelos clubes”, disse Ricardinho.

O dirigente do clube paranaense completou afirmando que não sabe muito bem ainda o que a entidade pode fazer pelo clubes, mas pede que a CBV tenha uma atenção em especial com os clubes médios e pequenos. “Eu sou presidente da equipe e sei das dificuldades e gastos que uma equipe tem. É essencial que a CBV entrasse ajudando as equipes. Não sei de que forma, se ajudando com as placas, financeiramente, as viagens que já ajuda, os hotéis, tentando solucionar algum problema para que realmente faça com que o clube possa sobreviver por muito tempo. Seria essencial a CBV, que vem nos ouvindo sempre, que ela entrasse com o alerta muito acesso para ajudar as equipes médias e pequenas.”

Ricardinho ainda aproveitou para falar sobre a expectativa que Maringá vive por receber as finais da Copa Brasil. “É muito gostoso. Quem conhece Maringá sabe como eles são apaixonados por voleibol e o ginásio lotado sempre. A prefeitura correu atrás para fazer com que a cidade tivesse a oportunidade de ver os melhores e  vai ser uma grande festa. Infelizmente não vamos estar nessa festa, porque a equipe vem sendo montada, cinco meses não é fácil você chegar e tirar uma equipe grande como o Sesi. Vamos receber todas as equipes com muito carinho e nesse clima.”




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x