Search
Sunday 25 October 2020
  • :
  • :

Presidentes das confederações declaram apoio à reeleição de Ary Graça

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou, na terça-feira, em Lausanne, um manifesto assinado pelos presidentes de cada uma das cinco confederações de voleibol – Aleksander Boricic (CEV – Europa), Rafael Lloreda Curreia (CSV – América do Sul), Saleh Ahmad Bin Nasser (AVC – Ásia/Oceania), Amr Elwani (CAVB – África) e Cristobal Marte Hoffiz (Norceca – América do Norte, Central e Caribe). Na carta aberta, os dirigentes votam que o atual presidente da FIVB, Ary Graça, seja reeleito este ano, para prosseguir no comando da entidade. O brasileiro, de acordo com os mandatários continentais, é  reconhecido pela “dedicação, trabalho apaixonado e junção perfeita de fé e visão de negócios”.

 

“Nós acreditamos, acima de tudo, que o Dr. Ary Graça seja a pessoa mais qualificada para concorrer à reeleição da FIVB”, diz o texto, datado de 28 de janeiro deste ano, justificando que a opção pela continuidade do ex-presidente da CBV à frente da federação internacional é “para consolidar o crescimento experimentado nos últimos quatro anos e nos preparar para o futuro, sob sua orientação, paixão e liderança”.

 

Os cartolas elogiam o “extraordinário sucesso” dos mundial de seleções de 2014 (masculino na Polônia, feminino na Itália), das finais do Grand Prix (EUA) e da Liga Mundial (Rio de Janeiro) do ano passado, além do mundial da Holanda de Vôlei de Praia (2015). Também afirmam que a escolha do Maracanãzinho e da Praia de Copacabana para sediarem, respectivamente, o Vôlei de quadra e o Vôlei de Praia no Rio-2016 “contribui para posicionar nosso esporte entre as modalidades da elite do programa olímpico”.

 

 

As eleições da FIVB ocorrem entre os dias 5 e 6 de outubro, no congresso mundial da entidade, em Buenos Aires. Ary Graça foi eleito em 2012 e uma nova vitória nas urnas pode deixá-lo na presidência da FIVB até 2024.

 

Veja a íntegra do manifesto:

 

Reprodução: FIVB

Reprodução: FIVB




Subscribe
Auto Notificar:
guest
2 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments

[…] Candidato único este ano, Ary Graça foi eleito presidente da FIVB, em setembro de 2012, para um mandato de quatro anos. Sua provável reeleição em outubro vai garanti-lo à frente da federação até 2024. Em fevereiro deste ano, os presidentes das cinco confederações declararam apoio à candidatura do brasileiro. […]

Joao

Vai acontecer o mesmo que aconteceu com o Brasil em relação ao PT – todo mundo achando que é a melhor opção e depois virá a decepção.
Esse senhor já provou que não merece está nesse cargo, enquanto presidente da CBV fez inúmeras lambanças e a entidade quase perdeu o patrocínio do Banco do Brasil, na FIVB já fez coisas que merecem atenção e agora quer a todo custo mudar regras do Vôlei para deixá-lo apto às transmissões de TV e com isso vai acabar favorecendo a mídia e prejudicando o esporte.
Aguardem

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x