Search
Sunday 20 September 2020
  • :
  • :

Rabita Baku é o líder da Liga Azeri

 06/02/12 – Após o título mundial do Rabita Baku e a ida de várias brasileiras para lá, o voleibol do Azerbaijão entrou de vez no cenário do esporte no mundo. E a temporada 2011/12 da Azeri Liga, chega a metade da temporada marcada por uma boa participação dos times locais nas competições européias e a pela atuação das brasileiras por lá.

Americana Kim Glass é uma das estrelas da Azeri Liga, desde 2010 defende o Rabita Baku (Foto: Nargiz)

 

O líder da competição é a equipe atual campeã do Mundo e do Top Volley, o Rabita Baku.  A equipe vem confirmando seu favoritismo com uma campanha invicta de 6 vitorias em 6 jogos. Apesar da campanha em casa, o time vê sua posição na Champions League ameaçada após a derrota no jogo de ida para o Atom Sopot POR 3 a 1.

O Azerrail, da brasileira Elisangela Paulino, que está em sua segunda temporada no país,  é o vice-lider e diferente de seu rival, venceu o Volero Zurich por 3 a 1 na partida de ida das oitavas de fina da Champions League.

 

VC Baku tem três brasileiras: Renatinha, Ale Fratoni e Cibele, além do técnico Angelo (Foto: Nargiz)
  

Neste final de semana, as duas equipes tiveram seus jogos cancelados devido ao mau tempo por conta do frio rigoroso no país, que impediu a viagem de retorno dos dois times ao país após a rodada da competição européia.

 
Em terceiro na Liga aparece a equipe do Baku, das brasileiras Renata Colombo, Cibele Barboza, Alessandra Fratoni e do técnico Angelo Vercesi. Também envolvida com a disputa da Challenge Cup, onde o time está em vantagem contra o Zok Rijeka, da Croácia, o Baki encara na próxima rodada, dia 12 de Fevereiro a equipe do Lokomotiv Baku, quarto colocado e que também está na disputa da Challenge Cup. Para a torcida local, este duelo deverá ser uma prévia da final da competição européia, já que ambos são considerados os favoritos da Copa.
 
Apesar dos destaques, nem tudo está perfeito no Azerbaijão. Conforme já divulgado no Melhor do Vôlei, a brasileira Érika Coimbra, uma das jogadoras mais queridas da torcida brasileira, foi dispensada pela equipe do Igtisadchi Baku. O fato causou surpresa, pois a dispensa ocorreu após uma contusão da atleta ser agravada por uma negligência do próprio clube, que além de deixá-la sem assistência médica, ainda suspendeu o pagamento do resto do contrato que ia até Maio. A equipe que conta ainda com outras duas brasileiras, a levantadora Fernandinha e a ponteira Verônica, está em 5º lugar na Azeri.
 
Esse não foi o primeiro problema que o Igtisadchi Baku criou na temporada. Logo no inicio do ano, a equipe já havia dispensado o técnico italiano Emanuele Sbano e a levantadora japonesa Masami Yokohama, dias antes do jogo contra o Yamamay Busto Arsizio, pela CEV Cup. O time foi a única equipe do país eliminada em competições européias da temporada.
 
Luis Ventura/Melhor do Vôlei
 



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x