Search
Saturday 30 May 2020
  • :
  • :

Ranking: Após polêmica, CBV realizará nova votação

Foto: Orlando Bento/MTC

Na noite desta sexta-feira (13), o site Globoesporte.com informou que haverá nova votação sobre a manutenção do raking das jogadoras para a Superliga Feminina. O caso ganhou grande repercussão no país após os votos do São Paulo/Barueri e do Curitiba Vôlei, feitos via internet, não terem sido computados. Desta vez, segundo a notícia, a votação será feita por videoconferência, evitando custos adicionais para os clubes. A decisão entrará em prática na próxima edição do torneio.

A polêmica começou logo após o resultado. Sesc RJ, Sesi Vôlei Bauru, Flamengo, Fluminense e Pinheiros foram os times que votaram a favor, enquanto Dentil/Praia Clube, Itambé/Minas, Osasco Audax e a comissão das atletas, que participam com um voto, se posicionaram contra. Se as posições forem mantidas e os times de Barueri e Curitiba seguirem com o voto contrário, o resultado será revertido.

O raking limita duas atletas de 7 pontos em cada agremiação. Compõem a lista: Fabiana Claudino, Dani Lins, Fabíola, Macris, Thaisa Daher, Fernada Garay, Gabi Guimarães, Natália Zilio, Tandara Caixeta e Tifanny Abreu.

Outro ponto foi o aumento de atletas estrangeiras, que subiu de duas para três por clube. A data da votação não foi divulgada.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »