Search
Wednesday 28 October 2020
  • :
  • :

Reitor garante permanência da UFJF na Superliga e anuncia ampliação do ginásio

 12/03/12 – Logo que encerrou sua primeira participação na Superliga Masculina de Vôlei, o time da UFJF recebeu como presente um pacote de boas notícias. Em evento realizado na noite do último sábado (10), o reitor Henrique Duque anunciou a ampliação do ginásio da Faculdade de Educação Física para uma capacidade de 2.600 pessoas. A medida foi divulgada como parte da garantia de permanência da equipe na elite do vôlei nacional. “Enquanto eu for reitor, o vôlei continua”, afirmou Duque.

Reitor Henrique Duque (Foto:Alexandre Dornelas)

A manutenção do time e as obras de ampliação da estrutura dos jogos, de acordo com o reitor, são uma forma de agradecimento ao imenso apoio que o projeto recebeu da torcida local, a mais numerosa da Superliga em relação à capacidade dos ginásios. Durante a última partida, realizada no sábado, os torcedores deram um verdadeiro show, com direito a históricos 10 minutos de gritos sem parar de “vamos virar, time!”, cartazes personalizados e muito barulho. “Nunca vi isso em nenhum ginásio do mundo”, argumentou o técnico Maurício Bara, coordenador do projeto.

O empresário Eduardo dos Santos, diretor da Rodoviário Camilo dos Santos, adiantou que a proposta agora envolve, além do time em quadra, a criação de núcleos de iniciação em várias regiões da cidade para estímulo ao esporte e descoberta de novos valores, com a participação multidisciplinar de monitores de diversos cursos da UFJF. “O apoio continua”, completou Eduardo.

Os jogadores entram agora de férias, previstas em contrato, e o projeto passará por uma fase de avaliação e planejamento para a nova temporada. Segundo o supervisor Renato Rosa, com a experiência de várias superligas, a segurança e a projeção do projeto da UFJF já motivam contatos diários de jogadores de todo o país, interessados em jogar na cidade. “A Superliga é muito seletiva. São 12 times com direito a inscrever no máximo 20 jogadores cada. Isso dá um universo de apenas 240 atletas na competição. Então todos querem jogar, mas poucos podem jogar”, explicou.

Durante a solenidade, o reitor Henrique Duque recebeu do técnico Maurício Bara e do capitão da equipe, Clinty, uma bola oficial e uma camisa da torcida autografadas por todos os jogadores. 
 



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x