Search
Friday 3 April 2020
  • :
  • :

Rexona derrota Dentil/Praia e conquista o título da Copa Brasil 2016

Crédito: Divulgação/CBV

Crédito: Divulgação/CBV

 

Com 2.600 torcedores que lotaram e fizeram uma bonita e animada festa no ginásio do Taquaral, o Rexona-AdeS (RJ) ficou com o título da Copa Banco do Brasil feminina de vôlei. Neste sábado (30/01), em Campinas (SP), o time comandado pelo treinador Bernardinho venceu o Dentil/Praia Clube (MG) por 3 sets a 0 (25/19, 25/23 e 25/18), na decisão da competição.

 

A Copa Banco do Brasil, realizada através de parceria entre a Prefeitura de Campinas, o Vôlei Brasil Kirin e a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) foi vencida pela primeira vez pelo Rexona-AdeS. A líbero Fabi comemorou a vitória e destacou a importância da competição para o voleibol brasileiro.

 

“Nas duas últimas edições da Copa Banco do Brasil nós tínhamos sido eliminadas na semifinal e valorizamos muito essa competição. Todos os jogadores pediram para essa competição acontecer e estou feliz pela conquista do título. Nosso grupo se superou. Ontem, a semifinal contra o Vôlei Nestlé foi um jogo muito físico e conseguimos nos recuperar para a decisão. O Dentil/Praia Clube está fazendo uma grande Superliga e foi um adversário difícil nessa final. Temos que curtir esse momento, mas sabemos que ainda vem muita pedreira pela frente na temporada”, disse Fabi.

 

A ponteira Natália também parabenizou a equipe carioca e destacou o espírito de luta do grupo comandado pelo treinador Bernardinho.

 

“Foi muito bacana evencer uma final novamente. Todos estão de parabéns e o grupo conseguiu se superar, pois estávamos cansadas depois do jogo de ontem. Ainda cometemos alguns erros como no segundo set, mas estamos evoluindo e agora é focar na Superliga”, afirmou Natália.

 

Pelo lado do Dentil/Praia Clube, o treinador Ricardo Picinin lamentou a derrota, mas ressaltou o bom desempenho do time mineiro ao longo da Copa Banco do Brasil.

 

“Fizemos a final com um time que decidiu as últimas 11 Superligas. Elas estão acostumadas a disputar finais. No momento decisivo do jogo elas erraram muito pouco, enquanto nós erramos mais do que o normal. No entanto, a equipe está de parabéns porque lutou toda a partida”, destacou Ricardo Picinin.

 

EQUIPES:

REXONA-ADES – Thompson, Monique, Natália, Gabi, Carol e Juciely. Líbero – Fabi.
Entraram – Roberta, Lorenne e Drussyla
Técnico – Bernardinho

DENTIL/PRAIA CLUBE – Claudinha, Ramirez, Alix, Michelle, Walewska e Natasha. Líbero – Tássia
Entraram – Jú Carrijo, Malu e Pri Daroit
Técnico – Ricardo Picinin

 




5
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
KurekalexandreMsergioRodolpho FrancisVicente Maia Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Kurek
Visitante
Kurek

O Rexona só consegue ganhar tantos títulos devido o respeito/medo das adversárias pelo Bernardo. Lá fora é outra coisa, quero Monique e Gabi enfrentarem um bloqueio da Poljak, da Furst, Akinradewo etc.

alexandre
Visitante
alexandre

Como sempre, o Rexona não sentiu a pressão e venceu, até com certa facilidade. Mereceram! O fato engraçado foi o Bernardinho dizendo antes do jogo que o Praia era o favorito. Claro que os times não tem disparidade, mas o Praia nunca havia chegado a uma final de expressão. Portanto, não poderiam assumir a condição de favorito. A Natalia e a Gabi fizeram a diferença, mais uma vez, para o Rexona. Na partida contra o Osasco as duas carregaram o piano pesadíssimo sozinhas, porque a Thompson não confiou nas centrais para receber bolas importantes, mas no jogo contra o Praia… Ler mais »

Msergio
Visitante
Msergio

Que me chamou atenção Praia..Claudinha péssima na distribuição e a precisão e Tassia não passa e não defende afff

Vicente Maia
Visitante
Vicente Maia

A equipe do Rio de Janeiro passeou em quadra. Jogava sério, abria uma boa vantagem, relaxava e Praia encostava, voltava a jogar sério e ganhava o set. No time do Praia gostei muito da Alix no ataque. É uma boa jogadora de bola de segurança, difícil de marcar.
No Rio de Janeiro, a noite foi da Gabi em mais uma partida inspirada. A dupla com Natália esteve mais uma vez em alta. A Thompson fez a melhor partida que assisti dela e finalmente fez uso das centrais de forma eficiente.
Parabéns ao time do Rio de Janeiro pela conquista.

Rodolpho Francis
Visitante
Rodolpho Francis

Concordo com voce, diferente da ultima vez que Rio e Praia se encontraram, dessa vez a Alix foi muito bem no Ataque. Na outra oportunidade o Rexona neutralizou essa jogadora. Também acho que foi a melhor partida da Court. E fico impressionado em ver como defende. Nem vou falar de Natalia e Gabi porque ja esta virando Clichê. Jucy voltou a ser efetiva na China e Carol pontuou bem. Fabi Monstro. Enfim, parabéns Rexona por mais um título.

Translate »