Search
Sunday 24 January 2021
  • :
  • :

Rexona toma canseira, mas acaba com invencibilidade do Minas no returno; Molico também vence

Rexona é o único time ainda invicto na Superliga (Foto: Divulgação/CBV)

Rexona é o único time ainda invicto na Superliga (Foto: Divulgação/CBV)

Pinheiros, Molico e Sesi. Nos últimos dias, nenhum deles havia sido páreo para a Camponesa/Minas. Faltava o Rexona-AdeS, atual campeão da Superliga e adversário dessa sexta-feira (30). E, ao menos por enquanto, vai continuar faltando: apesar de ter dado muito trabalho, o time de Belo Horizonte não foi capaz de superar as cariocas, em partida encerrada por 3 sets a 2, parciais de 23-25, 25-22, 25-19, 20-25 e 15-7.

Um dos nomes mais importantes da nova geração do voleibol brasileiro, a ponteira Gabi mais uma vez provou o seu valor e terminou o jogo com ótimos 30 pontos (27 de ataque e três do bloqueio). Com essa respeitável atuação, não teve jeito: ela ficou com o Troféu Viva Vôlei, dedicado a quem melhor se apresentou.

Com o resultado positivo, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho permanece na liderança da disputa, com 46 pontos e ainda sem derrotas. Já o Minas suspende temporariamente sua ascensão na tabela, ficando nos 31 pontos e na sexta colocação. Foi o fim da sequência de cinco vitórias consecutivas, que mostrou clara evolução após a chegada da bicampeã olímpica Jaqueline.

Jaque, aliás, também brilhou com 25 pontos (21 de ataque, três de bloqueio e um de saque), mas não foi o suficiente.

“Hoje jogamos como uma verdadeira equipe. Todas foram determinantes para a virada e a vitória. Estou muito feliz”, comentou Gabi. Jaque ressaltou a força das companheiras. “Nossa equipe é inferior, temos consciência disto, mas temos muita vontade. Jogo de 3 x 2, com uma equipe invicta mostra isto”, destacou.

Agora, o Minas vai em busca da reabilitação contra o São José dos Campos, no dia 10 de fevereiro, às 19h30, na Arena Minas. Já o Rexona disputa o Sul-americano na semana que vem e, na volta ao torneio nacional, pega o Uniara/Afav fora de casa no dia 11, às 20 horas.

Molico

O Molico Osasco, por sua vez, não teve maiores problemas em confirmar seu favoritismo para cima do São Bernardo, fazendo 25-22, 25-13 e 25-15 no ginásio José Liberatti. A cubana Carcaces foi eleita a melhor em quadra, mas o posto de maior pontuadora ficou com Thaisa, responsável por diversos acertos.

Responsável por três aces, Carcaces comemorou seu desempenho no saque. “Estava na hora do saque entrar porque estou treinando bastante. Tanto o Luizomar (de Moura, técnico) quanto o Jefferson (Arosti, assistente) me deram segurança para continuar executando meu saque. Me senti bem e saquei forte”, afirmou a cubana.

Com o resultado, o Molico chegou aos 40 pontos e continua na terceira posição com 14 vitórias e três derrotas.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x