Search
Saturday 19 September 2020
  • :
  • :

Ricardo e Álvaro Filho conquistam seu primeiro título em Gstaad

Foto: FIVB

A dupla foi formada há apenas três meses, logo após a aposentadoria de Pedro Cunha, e já conquista o seu primeiro título nas areias. Neste domingo (14/07), o baiano Ricardo e o paraibano Álvaro Filho desbancaram os atuais líderes do ranking, os compatriotas Bruno Schmidt e Pedro Solberg, e sagraram-se campeões do Grand Slam de Gstaad (SUI) do Circuito Mundial, justamente uma semana depois de se tornarem vice-campeões mundiais na Polônia.

Até então, por terem formado a parceria recentemente, Ricardo e Álvaro haviam enfrentado Bruno e Pedro apenas duas vezes. E cada dupla tinha vencido uma. Portanto, a decisão na Suíça valia também como um tira-teimas. E era um duelo entre líderes e vice-líderes do ranking do Circuito Mundial, um ingrediente para apimentar ainda mais a final. Se o brasiliense e o carioca ganharam o ouro em Xangai (CHN), a prata em Haia (HOL) e o bronze em Roma (ITA), a dupla nordestina só tinha subido ao pódio na competição com o terceiro lugar em Xangai, mas foram vice no Mundial.

Na grande decisão em Gstaad, Ricardo e Álvaro praticamente resolveram o primeiro set nos pontos iniciais, ao abrirem 4-0, desestabilizando Bruno e Pedro. Para se ter uma ideia, nos oito primeiros pontos da dupla nordestina, seis foram de erros dos adversários. Com Ricardo mais uma vez muito bem no bloqueio, justificando o apelido de “Block Machine”, como é conhecido no cenário mundial, e Álvaro se desdobrando na defesa, eles conseguiram manter a boa vantagem e fecharam em 21-16.

No segundo set, a situação se inverteu. Pelo menos no início. Concentrados e vibrando mais, Bruno e Pedro entraram no jogo, ajustando saque e bloqueio. Abriram três pontos de frente (14-11), mas, de repente, Ricardo e Álvaro se agigantaram novamente. Viraram para 15-14 e não deram mais chances para uma reação dos atuais campeões brasileiros. Vitória por 21-18 e o título no Grand Slam suíço, para festa de um veterano de 38 anos e de um jovem talento de 22.

“Adoro competir aqui, gosto muito de jogar em Gstaad, onde a enegia da torcida é incrível, o que ajuda a fazer do vôlei de praia esse sucesso mundial. Depois da prata no Campeonato Mundial, conquistamos nosso primeiro título, o que é muito bom para seguirmos ainda mais fortes na temporada”, disse Ricardo, que já jogou 11 torneios na cidade suíça, subindo ao lugar mais alto do pódio pela terceira vez, repetindo os feitos de 2005 e 2006, ao lado de Emanuel.

“Já vínhamos fazendo bons torneios, conquistando a prata no Mundial, na semana passada, e um bronze numa das etapas do Circuito Mundial. Mas chegar aqui e levar o ouro é diferente. Nem tenho palavras para descrever o quanto estou feliz por esse nosso momento atual. Isso só nos dá mais forças para continuarmos crescendo e fazendo o nosso melhor”, declarou Álvaro Filho, que mais uma vez subiu ao pódio com seu chapéu de couro, o que já uma marca do paraibano.

Com os 720 pontos conquistados com a prata na Suíça, Bruno e Pedro mantêm a liderança do ranking, agora com 5.060 pontos. Já Ricardo e Álvaro diminuíram a diferença, somando mais 800 e chegando aos 4.770 na segunda colocação.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x