Search
Friday 21 February 2020
  • :
  • :

Rio 2016: Com saque efetivo, Brasil levanta o Maracanãzinho e conquista o tri olímpico

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

Em sua quarta final olímpica consecutiva, a Seleção Brasileira Masculina de Vôlei não decepcionou. Na tarde deste domingo (21/08), o saque dos anfitriões fez a diferença e foi um dos fatores fundamentais para a definição do resultado. Desestabilizando o sistema tático dos italianos, até então soberanos na competição, os brasileiros emocionaram a todos que lotaram o ginásio do Maranãzinho e levaram a melhor por 3 sets a 0, com parciais de 25-22, 28-26 e 26-24.

 

O técnico Bernardinho iniciou o duelo decisivo com Serginho, Bruninho (1 ponto), Lucão (7), Maurício Souza (8), Lipe (11), Lucarelli (5) e Wallace (20). O levantador William, o oposto Evandro e o ponteiro Maurício Borges também foram utilizados no decorrer da disputa.

 

O oposto Wallace foi o grande anotador do confronto, com 20 pontos (17 em ataques, 2 em bloqueios e 1 em saque). Entre os italianos, os destaques ficaram por conta de Ivan Zaytsev, com 17 bolas no chão (15 em ataques, 1 em bloqueios e 1 em saque), Juantorena, com 14 (12 em ataques, 1 em bloqueio e 1 em saque) e Birarelli, com 9 (5 em ataques e 4 em bloqueios).

 

Após “bater na trave” por duas ocasiões, quando ficou com a prata em Pequim (2008) e Londres (2012), o Brasil pôde finalmente soltar o grito de campeão que estava entalado na garganta. O ouro conquistado diante da Itália, que se despede do Rio com a prata, levou nossa seleção ao tricampeonato olímpico, repetindo o desfecho dos Jogos de Barcelona (1992) e Atenas (2004).

 

A conquista deste domingo marca uma campanha cheia de superações. Os comandados de Bernardinho estiveram prestes a serem eliminados da Rio 2016, após duas derrotas na fase de classificação, para os norte-americanos e italianos. Além deste momento crítico, o Brasil também teve que lidar com as contusões de Maurício Souza, Lucão, Lucarelli e Lipe durante estas duas semanas.

 

Liderados pelo técnico Bernardo Rezende e pelo capitão Bruninho, os brasileiros souberam reverter o panorama complicado e fecham a Olimpíada do Rio como verdadeiros heróis.

 

 

Daniel Rodrigues




19
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
8 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors
JoséValneiAdriana NascimentoReih Santosmanu Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Valnei
Visitante
Valnei

Parabéns ao jogadores brasileiros por essa conquista maravilhosa, o jogo foi muito bom, mas o levantador italiano é muito bom, falta-lhe apenas experiência o que não falta para bruninho, ainda bem que ele começou a colocar as bolas do jeito que Wallace na rede, e ele não decepcionou, jogando praticamente sozinho no ataque fez estrago, Lucarelli mais um vez muito bem no passe, foi até onde deu, serginho não precisa de exploentes

Adriana Nascimento
Visitante

Parabéns ao “time”. Mais do que nunca o esporte coletivo brilhou. Decerto que alguns atletas assumem posições de destaque, Wallace, Lucarelli, Lipe (quem diria ?!), Sérgio. Feliz demais, os atletas, a comissão técnica merece, nós merecemos porque somos apaixonados por esse esporte. O único senão vai para os comentarista do canal da TV fechada. Parem de querer heróis e demonizar atletas, cada um faz sua parte e nenhum deles precisa das justificativas de vocês, deixem de serem baba ovo.

manu
Visitante
manu

encantado com a seleçao, serginho e wallace 2 monstros em quadra, esta medalha premiou o bruninho que durante anos foi alvo de criticas pesadas e soube levar,nao se entregou, mostrou na bola, quanto as criticas ao douglas sousa, nao acho de jeito nenhum que o murilo deverai estar ali, ele ja fez sua parte na seleçao, agora que venham os jovens, se fosse necessario entraria ali pra ajudar, mauricio sousa superaçao… ! senti falta do lucarelli vibrante, e decisivo, mas foi no sacrificio, so temos a a gradecer, o lipe mostrou no finalzinho por que ganhou a vaga na seleçao,… Ler mais »

Eduardo
Visitante
Eduardo

Jogão, acirrado a cada ponto, oh sofrimento! hahaha’ Maurício deu show no saque, Wallace destruiu no ataque, Serginho nem se fala na defesa (até levantamento)… Todo mundo deu show, foi pra tirar o trauma de 2012 mesmo. Obs.: Daqui pra frente quando tiver transmissão do vôlei no ESPN não perco por nada, ohh comentarista engraçado! kkkkkkkk

Fabio Carvalho
Visitante
Fabio Carvalho

O melhor técnico do mundo chama-se Bernardinho, que nunca saiu de mãos abanando de uma olimpíada. Lang Ping não passa nem de longe. Formador de atletas no time do Rexona. Parabéns Bernardo Rezende.

Torcedor
Visitante
Torcedor

Que felicidade! Que coisa boa! O melhor da festa foi, pela ordem: 1- A vitória do Brasil,óbvio. 2 – A redenção do Bruno, tão massacrado por pessoas cretinas e ordinárias que não valem um centavo; 3 – Presenciar o Ary Graça sendo ignorado pelos jogadores brasileiros no pódio, fechando a cara para ele. Lucão colocou o Ary Graça no limbo; 4 – Presenciar o Ary Graça, constrangido, quando foi anunciado e os torcedores gritavam Bernardinho, demonstrando que nós torcedores não somos burros e não temos memória curta; 5 – Saber que um determinado blogueiro, que não vou citar o nome… Ler mais »

MVP do Blog
Visitante
MVP do Blog

Se o Bruninho fosse postar algo aqui nesse site, provavelmente ele escreveria esse texto.
É você Bruno Mossa? rsrs
Parabéns aos meninos.

Eczacibasi
Visitante
Eczacibasi

Lipe, quem diria?, foi o melhor jogador do Brasil no torneio. Passou bem, sacou bem e até foi definidor. A Olimpíada é dele. Wallace também foi destaque. Decisivo nas horas certas. O resto do time foi mediano e, mesmo com altos e baixos, teve talento para ser campeão. Lucarelli deixou a desejar, amarelou e precisa “trabalhar a cabeça” para jogar o que sabe e liderar a equipe a partir de agora. Bruno foi muito irregular. Borges e Douglas não têm talento para jogar na seleção, mas foram campeões olímpicos “de graça”. William e Serginho nos emocionaram e mereceram a medalha.… Ler mais »

RfLA
Visitante
RfLA

q venha Leal (AMÉM!!!)

Bernardo ñ desconversou se continua

pelo visto, agora parace q foi para ele q outras seleçoes estão oferecendo ‘um caminhão de dinheiro’

difícil…dependendo do caminhão d dinheiro ñ há 1 humano q aguentaria recusar, nem eu, hahhahaha

mas tomara q seja só 1 ciclo, só pra fzr o pé d meia, garantir herança pras próximas 3 gerações e depois volta (apesar d q ele tbm ganharia algum ‘trocadinho’ em euros se assumisse algum clube europeu…aí dava pra seguir tranquilo na NOSSA seleção

vamos ver o q q ele decidirá

Eczacibasi
Visitante
Eczacibasi

A seleção da China ofereceu “um caminhão de dinheiro” para ele comandar a time masculino no ciclo de 2008 e ele recusou solenemente. Não sei se é o dinheiro que move o Bernardo. A conferir! o Zé também foi chamado para dirigir a Itália no feminino. Espero que ele não aceite e fique.

Ana
Visitante
Ana

Estou muito feliz que finalmente pude ver o Brasil ser campeão e jogar numa constante. Wallace merecia essa medalha e eu queria esse título para ele e enfim veio. Eu não sei se perceberam, mas toda vez que as mulheres foram campeãs (2008 – 2012) o Brasil ficou com a prata e agora eles levaram o ouro. Esse foi o time da superação e o Lipe entrou com tudo hoje e matou o jogo com aquele bloqueio no Zaytsev. Só acho que poderiam ter levado o Murilo no lugar do Douglas que só entrou uma vez para passear na quadra.… Ler mais »

MVP do Blog
Visitante
MVP do Blog

Olha, muito feliz e admirado com esta vitória categorica em cima da Itália, que novamente, cai diante do Brasil. aquele jogo contra Canadá, e a pressão em cima do Brasil…quantas reviravoltas, né? Destacar a atuação do melhor jogador da competição (sim, o melhor!): Wallace! Que jogador de fibra. Se temos referencias no ataque em outros países, no Brasil é com ele. Carregou o time hoje no ataque, visto que Lipe (jogou maravilhosamente bem) não tem esse destaque, e Lucarelli veio so sacrífício. Lipe foi pra mim, a maior surpresa e me fez calar a boca (nunca gostei do seu jogo… Ler mais »

Vicente Maia
Visitante
Vicente Maia

Sidão perdeu de ganhar uma medalha de ouro sentado no banco assistindo. ?
Parabéns ao time e ao Técnico.

Anônimo
Visitante
Anônimo

Verdade. e achei que o MURILO poderia ter assistido o jogo no lugar do Douglas Souza… e conquistar a tão sonhada medalha olimpica.

Gui
Visitante
Gui

Exato Murilo merecia ter sido convocado no lugar do Douglas que NÃO FEZ NADA.Tanto na liga quanto nesta OLimpiada.

maria
Visitante

Mas Douglas veio de uma boa temporada no sesi, e nao estava lesionado. Se precisasse jogaria, enquanto Murilo queria se recuperar em plena olimpíada!

Reih Santos
Visitante
Reih Santos

Não há nada mais valioso para um jovem talento que uma experiência olímpica.
Douglas, é o resultado do Bernardinho pensando no amanhã.

José
Visitante
José

Que fosse no lugar do Mauricio Borges. Mas o Murilo deveria estar no elenco.

Anônimo
Visitante
Anônimo

Lipe quando entrou contra a França deu outra cara pro Brasil a partir de então. Mauricio souza no saque flutuante foi muito efetivo. Wallace foi o MVP da competição. Jogou demais o nosso oposto. Bruno foi muito bem na distribuição. Tá de parabéns

Translate »