Search
Thursday 5 December 2019
  • :
  • :

Rio 2016: “Faltou rodagem internacional, mas vivi momentos inesquecíveis” diz Mimi Sosa

13882295_858603877604670_381327133369635886_n

Crédito: Divulgação/FEVA

 

Mimi Sosa, central da Argentina, é conhecida dos brasileiros há muito tempo e falou com exclusividade ao Melhor do Vôlei, após a última partida da Argentina na Olimpíada do Rio. Na ocasião, a Argentina foi derrotada pelo Japão por 3 sets a 0, com parciais de 25-23, 25-16, 26-24.

 

A jovem e habilidosa atacante, defendeu na última temporada da Superliga o Rio do Sul, e após a Olimpíada do Rio, se apresentará ao Pinheiros para o início da temporada 2016/17.

 

Alegre e simpática, a jogadora não esconde a felicidade em disputar a sua primeira Olimpíada em ”casa”.

 

”Fizemos uma participação boa, sabendo que teríamos muita dificuldade contra os grandes times. Os dois primeiros jogos nossos contra a Rússia e o Brasil foram muito difíceis, e quando começamos a jogar contra Camarões e a Coreia por exemplo, era outra Olimpíada para nós. Demos o nosso melhor dentro de quadra, mas faltou experiência internacional para nosso time”.

 

A Argentina pecou em alguns momentos importantes no primeiro e o terceiro set, e para Mimi faltou concentração.

 

”Jogamos bem, mas faltou concentração. Erramos em momentos que não podíamos, tentamos e não conseguimos vencer nenhum dos três sets”.

 

Sobre sua primeira participação em Olimpíada, Mimi diz que alguns momentos serão inesquecíveis.

 

”A Vila Olímpica ficará para sempre na memória. Ter convivido tão próximo com grandes atletas, de igual, parecia até que estávamos com amigos. E sem sombra de dúvidas jogar com esta torcida, que sempre me acolheu muito bem, e em todos os jogos lotou o Maracanãzinho, isso eu nunca vou esquecer.”

 

O sinal realizado por Mimi, a cada ponto de bloqueio, também tem um significado especial para a atleta.

 

“Antes, quando eu comecei a fazer o sinal, era para a família da minha melhor amiga, mas agora eu tenho uma tatuagem, de uma língua indígena da Argentina, a onde eu morei 6 anos, e significa Minhas Raízes, Minhas Histórias. Essa tatuagem é uma forma de tornar eles inesquecível e devolver a eles tudo o que me deram ”

 

Os familiares de Mimi marcaram presença em boa parte dos jogos e estão hospedados bem próximos ao Maracanãzinho, o que representa um grau de importância a mais para a jovem central.

 

“Quando eu joguei o Pré-Olímpico na Argentina eles não conseguiram estar presente. Assim que nos classificamos, disse a eles que gostaria muito que eles vivessem este momento comigo e eles arrumaram todas as malas e estão aqui. O melhor para mim foi ter visto eles em todos os jogos. Meus familiares não tinham os ingressos para as partidas, mas conseguimos de última hora e foi muito lindo ver eles me acompanhando assim”.

 

13939615_1279404735432830_6933234088571876219_n

Crédito: Divulgação/FEVA

 

Que o Brasil é acolhedor todos sabemos, mas para Mimi, o Brasil faz parte da sua história, é a sua ”casa”.

 

” Eu considero o Brasil a minha casa, já é o meu terceiro ano jogando voleibol aqui. O carinho que as pessoas me mostram é lindo, eu não sei como uma argentina consegue conquistar os brasileiros assim, e pra mim isso é o melhor”.

 

Sobre a próxima temporada no Pinheiros, Mimi se diz empolgada em conhecer o novo clube e as novas companheiras de equipe.

 

”Agora eu vou me desligar da seleção argentina. Preciso estar focada no decorrer do ano, na temporada que esta por vir. Quero chegar no Pinheiros, conhecer a estrutura, as jogadoras e treinar juntas, para quem sabe conquistarmos bons resultados na Superliga e chegarmos ao pódio”.

 

A Argentina se despede da Olimpíada Rio 2016 somente com um resultado positivo na competição. Na ocasião, as argentinas venceram Camarões por 3 sets a 2, e encerram a Olimpíada ocupando o 5º lugar do Grupo A.

 




5
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Bruna VolochovaAnônimoJuniorTitoDuka Relli Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Bruna Volochova
Visitante
Bruna Volochova

Oh, faltou perguntar sobre a vitória para Camarões, a primeira em jogos olímpicos. Grand atleta. Se supera com a altura que tem para central.

Anônimo
Visitante
Anônimo

Faltou é bola mesmo. Time argentino é medíocre. Umas das piores, senão a pior, seleções do torneio.

Junior
Visitante
Junior

Impossível não torcer pra essa atleta, com essa humildade e simpatia, merece tudo o de melhor nessa carreira.

Duka Relli
Visitante
Duka Relli

Com simpatia, simplicidade e reconhecimento aos que te acolhem, assim, fica fácil você conquistar qualquer pessoa de qualquer país. Muito legal.

Tito
Visitante
Tito

Concordo, Dukaralho!

Translate »