Search
Wednesday 21 October 2020
  • :
  • :

Rio do Sul dedica vitória contra a Unilever ao torcedor

Foto: Clóvis Eduardo Cuco/Rio do Sul

A primeira grande conquista de Rio do Sul/Equibrasil na Superliga veio sobre o atual campeão da competição, a Unilever (RJ), do técnico Bernardinho. A vitória no ginásio Artenir Werner em Santa Catarina por 3 sets a 1 (16-21, 21-16, 21-17 e 21-18) foi coroada pela atuação da oposta Arianne, dona de 23 pontos no jogo e do troféu Viva Vôlei. Rio do Sul conquista assim os primeiros três pontos na competição e encerra o jejum de derrotas nas primeiras rodadas na Superliga.

O jogo começou com o time carioca abrindo boa vantagem no placar, deixando o torcedor de Rio do Sul desanimado. Mas a atuação de Arianne e Priscila logo começaram a fazer a diferença. Nati que entrou de titular no lugar de Vanessa, ainda se recuperando de uma torção no pé direito, também mostrou potencial de ataque e permaneceu em quadra durante quase toda a partida.

Sem se abater ao perder o primeiro set, o técnico Rogério Portela manteve o esquema tático, melhorando o bloqueio e o passe. A tática começou a funcionar e Rio do Sul equilibrou o combate diante do Unilever que errava na recepção e tinha dificuldade em efetivar seus pontos com Sarah Pavan. A torcida veio junto com o time e ajudou a fechar a parcial e empatar o jogo.

Bernardinho tentou achar alternativas dentro do sistema de jogo do Unilever para tentar segurar a reação de Rio do Sul no 3° set. Novamente, empurradas pela torcida, as meninas de Santa Catarina tiveram coragem para enfrentar o bloqueio de Natasha e Régis, além de mostrar bom desempenho nas defesas com a líbero Andressa em ótima atuação. A vitória no terceiro set já garantia o primeiro ponto de Rio do Sul na Superliga, mas o desejo do time começou a se tornar ainda maior.

O quarto set foi de muita emoção para o torcedor de Rio do Sul. O Unilever conseguiu abrir vantagem de quatro pontos e veio administrando com certa tranquilidade. Só que Rio do Sul cresceu ao longo da parcial e conseguiu empatar. Tanto Paula Barros como Carla fizeram um jogo preciso no meio-de-rede e tiveram boa pontuação. Em um saque para fora de Carol, o ginásio Artenir Werner explodiu em alegria. A festa pela primeira vitória na Superliga e sobre um adversário muito mais forte e franco favorito, animou a noite rio-sulense.

Eleita a melhor jogadora da partida, Arianne de Rio do Sul atribuiu a vitória ao grupo todo, à força de vontade de cada um do time e pela dedicação de todo o grupo ao longo dos últimos meses. “A gente tem batalhado muito e todo esforço sempre é recompensado. Sabemos das dificuldades, mas também acreditamos no nosso potencial. E esta vitória significa muito para a gente, pela emoção de ter a torcida do nosso lado, e ao mesmo tempo fazendo um jogo bom, de igual para igual contra um time que é o atual campeão da Superliga”, comentou a jogadora que fez 23 pontos na partida.

Para o técnico Rogério Portela, o time se superou. Com todas as dificuldades neste início de campeonato, com contusões graves e a pressão por resultados, a equipe mostrou estar disposta a encarar esta Superliga de cabeça erguida. “As meninas se superaram. Foi um jogo difícil, com grande atuação de toda a nossa equipe, e a gente fica muito feliz de saber que podemos reagir diante de um grande adversário”. Portela agradeceu ao torcedor que tem apoiado diariamente o time e incentiva nos momentos de grande dificuldade“A gente se sacrifica muito pelo time, mas ao mesmo tempo recebe tanto carinho de todos. Foi uma vitória que nos dá muita confiança para continuar com nossos objetivos no campeonato”.

O próximo jogo de Rio do Sul/Equibrasil na Superliga será na sexta-feira (1° de novembro) em Brasília (DF), contra as donas da casa. A partida começa às 21h30




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x