Search
Friday 27 November 2020
  • :
  • :

Rio do Sul fará amistoso contra time de Santa Maria

Foto: Divulgação

A derrota de Rio do Sul para o Unilever (RJ), na sexta rodada do returno da última Superliga Feminina de Voleibol talvez já tenha sido esquecida pelo time e pela torcida local. Mas o que ocorreu fora de quadra nesta partida ainda está muito bem guardado na memória do treinador do time de vôlei feminino da cidade de Santa Maria (RS), Jean-Pierre Avila.

Naquele jogo em 1° de fevereiro, torcedores de Rio do Sul se vestiram de branco em respeito às vítimas da tragédia na boate Kiss em Santa Maria, quando 242 pessoas morreram em um incêndio. E quando o treinador gaúcho soube da mobilização em Rio do Sul, resolveu procurar a comissão técnica do time de Rio do Sul. Do encontro, ocorrido durante os Jogos Abertos Brasileiros (JABs) em maio, ficou acertado uma sequência de amistosos e atividades na cidade gaúcha entre as duas equipes.

E nesta quinta-feira (18/07), foi confirmada a data para realização de eventos em Santa Maria. As catarinenses viajam na próxima semana para a cidade na região central do Rio Grande do Sul para dois amistosos nos dias 24 e 26, ambos às 20h. Os jogos serão no Centro Desportivo Municipal, mesmo local onde ocorreram velórios coletivos de vítimas da tragédia.

No dia 25, as meninas e comissão técnica devem participar de clínicas esportivas para crianças da cidade.

O técnico da equipe gaúcha, Jean-Pierre Avila está muito feliz com a disposição do time de Rio do Sul de poder viajar até o estado vizinho para realizar dois jogos. Santa Maria possui times de vôlei feminino adulto, mirim e infantil desde 2008. “Ficamos emocionados pelo carinho que recebemos de Rio do Sul. Nossa cidade passou por uma tragédia que nunca será esquecida, mas o gesto do time e do torcedor de Santa Catarina foi surpreendente”, comentou.

Já para o treinador do time de Rio do Sul, Rogério Portela, o esporte, antes de uma competição, é feito de amizade e companheirismo, e que o time que se prepara para a próxima Superliga, tem o dever de contribuir e se solidarizar com a comunidade e também com as jogadoras da cidade gaúcha.

“Nossa torcida lotou o ginásio no jogo contra o Rio de Janeiro e praticamente 95% estava de branco, pois entendeu a mensagem de apoio para aqueles que estavam tão tristes pela tragédia em Santa Maria. E nós queremos promover esta confraternização, pois o esporte é acima de tudo, cidadania e respeito”, comentou o treinador.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x