Search
Friday 30 October 2020
  • :
  • :

Rio do Sul/Equibrasil vai a São Caetano do Sul enfrentar as donas da casa

Crédito: Divulgação/Rio do Sul

Crédito: Divulgação/Rio do Sul

 

De volta ao nono lugar após vencer o Brasília na última rodada, o Rio do Sul/Equibrasil realiza nesta terça-feira (10/03), a última partida fora de casa no returno da Superliga. O adversário é o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), na cidade de São Caetano do Sul, a partir das 20h. A equipe paulista é o atual oitavo colocado na Superliga, último que garante vaga para a próxima fase da competição.

 

Separados por seis pontos, Rio do Sul/Equibrasil precisaria vencer o São Caetano para diminuir a diferença e seguir para a última rodada ainda sonhando em ultrapassar o adversário na tabela, dependendo da combinação de resultados. O técnico Spencer Lee se empolga com a possibilidade, mas é consciente com o desafio. “Se a gente jogar da mesma maneira que atuou contra Brasília, tem motivo sim para ser otimista. Mas o nosso desafio é ponto a ponto, jogada a jogada. Vamos dar o nosso melhor em busca do resultado”, avisou.

 

A ponta Neneca garante que o time cresceu nessa reta final do campeonato e que o desafio de ganhar e terminar bem a Superliga motiva todo o grupo. “A nossa postura tem sido muito boa, muito madura, mesmo estando de fora da zona de classificação, a gente nunca deixou de ser otimista e buscar o melhor. Com a mesma pegada do jogo passado, podemos fazer uma grande apresentação”, comentou a jogadora.

 

Preocupado com a grande demonstração de ataque e bloqueio do São Caetano, Spencer Lee pede cautela e tranquilidade. “É fim de returno e todos os times estão cansados pela temporada que é desgastante para todos. Cada um agora deve potencializar aquilo que melhor funcionou. Olhamos a Thaisinha, do São Caetano, como uma jogadora excepcional, com um desempenho muito grande no ataque. Se quisermos vencer, temos que sacar bem, defender e mostrar confiança no ataque”, adiantou o treinador.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x