Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

RJX apresenta equipe oficialmente no Maracanãzinho

Foto: Divulgação/RJX

O vice-campeão olímpico Bruninho é o principal reforço da equipe, que vai para seu segundo ano de existência buscando o título da Superliga.

Colaboração: Adriana Barbosa

Na manhã desta quinta-feira (06/09), foi apresentada oficialmente no Rio de Janeiro a equipe completa do RJX para a temporada 2012/2013 do vôlei brasileiro. Após o primeiro ano de existência, no qual alcançou as semifinais da Superliga Masculina, o time da capital fluminense agora sonha mais alto e almeja o título da competição. Para isso, ganhou reforços de peso, como o técnico Marcelo Fronckowiak, o levantador Bruninho e o ponteiro Thiago Alves.

“Estou adorando o modo como os jogadores que permaneceram na equipe nos receberam”, afirmou Bruninho, medalha de prata com a seleção brasileira em Londres. “Eles trataram logo de nos reunir de modo que os recém-chegados se sentissem totalmente integrados e isso é um diferencial, porque não é só trabalho, é também um começo de novas amizades e o estreitamento de outras mais. Certamente o Marcelo Fronckowiak irá conduzir essa equipe da melhor maneira possível”, completou.

Leia mais: Dante se resguarda para Superliga e não precisará operar joelho

Além de Bruninho e Thiago Alves, o RJX contratou para a temporada 2012/2013 o levantador Bernardo Roese (ex-Cimed), o Manius (ex-Vivo/Minas), o central Athos (ex-Vôlei Futuro) e os líberos Mário Jr. (ex-Vôlei Futuro) e Rafael (ex-Londrina). Do ano de estreia ficaram os ponteiros DanteThiago Sens, os opostos Théo e Da Silva, o levantador Guilherme e os centrais Lucão e Riad.

“Quero dar as boas vindas aos nossos novos companheiros”, disse Dante aos novos jogadores. “Eles certamente irão encontrar em cada um de nós que permaneceu o apoio necessário para logo estarem totalmente adaptados ao esquema de treinos, de jogos e de vivência na cidade maravilhosa”.

A estreia do RJX na temporada 2012/2013 será neste sábado, a partir das 10h, em um jogo amistoso contra o Panasonic Panthers, atual campeão japonês e ex-equipe de Thiago Alves. Os ingressos começarão a ser distribuídos nas bilheterias do Maracanãzinho às 8h.

Após belo trabalho em Minas, Fronckowiak se muda para a Cidade Maravilhosa

Após um vice e um título da Superliga com a Ulbra, o gaúcho Marcelo Fronckowiak saiu do país e conquistou o voleibol francês, treinando equipes do país durante seis anos. No ano passado, recebeu o convite do Vivo/Minas para voltar e realizou um belo trabalho com o time mineiro, alcançando o terceiro lugar da Superliga. O bom desempenho fez com que ele recebesse uma proposta irrecusável do RJX.

Foto: Divulgação/RJX

Foto: Divulgação/RJX

“Estou muito alegre de morar no Rio de Janeiro neste momento especial que a cidade vive. Sou gaúcho, mas já me sinto um tanto quanto carioca, as pessoas nos fazem sentir assim, com seu carinho e respeito”, afirmou Fronckowiak.

Ainda se adaptando aos novos comandados, o treinador diz que deve até “abandonar” uma de suas características, que é ter um time extremamente defensivo. Afinal, com grande atletas – no sentido literal da palavra – como Lucão, Dante, Théo e Riad – o bloqueio passa a ser um fator determinante em quadra.

“O Bernardinho sempre fala que nós técnicos que fomos jogadores sempre esperamos que nossas equipes joguem de acordo com nossas preferências de jogo. Eu por exemplo cuido muito da parte defensiva sim, mas percebo que com os gigantes que tenho em mãos este ano, além desta aplicação que gosto de compor para o ritmo da equipe, também levarei vantagem, por exemplo, nos bloqueios. Apenas com o passar dos treinos e jogos é que saberemos onde melhor focar”, explicou.

Viés social

Durante a apresentação da equipe, o coordenador do projeto RJX, José Inácio Salles, reforçou a importância do time de vôlei profissional para a cidade. Ele apontou as ações que o projeto tem se dedicado e a diferença que o RJX vem fazendo para o Rio de Janeiro.

Foto: Divulgação/RJX

Foto: Divulgação/RJX

“Temos como principal meta trazer transformação e inclusão social, fazendo uma junção com o time principal. Estamos dando uma contribuição enorme até mesmo para os clubes formadores como Fluminense, Botafogo, Vasco, Flamengo, entre outros que nem sempre conseguem abraçar todos os seus arredores. Para se ter uma ideia, os destaques que já lapidamos estão sendo direcionados para os clubes este mês. Isso deixa todo o planejamento com a sensação de dever cumprido e a nossa felicidade extrapola os limites da quadra. O nosso público foi recorde na nossa primeira temporada e não pensamos pequeno para este ano”, enalteceu.

O técnico Marcelo Fronckowiak elogiou muito o projeto do time carioca.

“Passei por grandes projetos desde a época de jogador e estive fora do país em experiências enriquecedoras, mas não havia ainda feito parte de algo tão grandioso como é o RJX, que abraça desde a equipe pela qual eu tenho a honra de ser o treinador como também o campo social de maneira muito ativa e presente. Isso me deixa certo de que aconteça o que acontecer, o nosso trabalho dará frutos sempre”, concluiu. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x